11ª Feira do Livro em Atlântida Sul abre com clima de valorização à leitura

Osório por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura e Juventude realizou na noite desta quarta-feira (29/1), a solenidade de abertura oficial da 11ª Feira do Livro de Atlântida Sul, na Praça da Integração.

Com animação da Banda Municipal, o evento começou em meio a muita expectativa e valorização à cultura, a leitura e literatura. A tradicional Feira segue até o próximo domingo com leitura, oito bancas de livreiros, bate-papo, autógrafo de livros, contação de história, teatro, roda de conversa, música, espaço kids e gastronomia.

Além da presença da Banda Municipal de Osório, que abrilhantou a noite, participaram da abertura autoridades, a comunidade e a cúpula formada pelo patrono Anderson Alves (Delalves Costa), homenageada Cristina Maria de Oliveira e a Xerife Estela Silva.

O vice-prefeito Eduardo Renda explicou que o Poder Executivo ao longo da sua história tem investido muito na cultura local e a realização de duas Feiras do Livro, anualmente, é um exemplo dessa atenção. “Sabemos que ainda se lê pouco,  nós todos devemos levar luz para o próximo e os investimentos não podem ser só no discurso, mas sim no ato de  dar condições, mérito e honra aos educadores que tem o papel de disseminar o ato de ler. Nós estamos fazendo o dever de casa através de todas as secretarias e valorizando o professor, com o intuito de termos cumprido a missão que deixará bons frutos para o futuro. Leitura é conhecimento, lembram sempre disso  e leiam cada dia um pouco”, afirmou Renda.

O Secretário de Desenvolvimento, Turismo e Cultura e Juventude, Rossano Teixeira, fez um agradecimento ao prefeito Eduardo Abrahão e ao vice-Renda pelo apoio à cultura, a coordenação da cultura, a equipe toda, ao subprefeito de Atlântida Sul Vagner Gonçalves, demais subprefeitos, ao público, a cúpula e a Banda Municipal, com o maestro Tiago. “Dispensa-se comentários sobre nossa cúpula, resta agradecer também pelo apoio a essa causa especial que é a Feira do Livro. É de fundamental importância valorizarmos a leitura, o conhecimento e a formação em um momento em que a sociedade maniqueísta que divide o bem e o mal, conseguem dar alento para a humanidade. Vamos persistir e ler mais”.

O patrono Delalves lembrou que investir em cultura e literatura não é gasto e sim investimento na perpetuação de uma sociedade mais culta, que pensa, crítica e que faz a diferença. “Frente a essa realidade também devemos ser mais humanos e sensíveis com a realidade. A literatura tem um papel que vai além de resistência, tem a função de humanizar as pessoas. Ler é findamental e faço um apelo para que cada um convide e sensibilize a família e amigos para prestigiar mais uma Feira do Livro de Osório. A Administração Pública está investindo e nós que estamos aqui devemos sempre apoiar e incentivar a cultura”.

A xerife Estela destacou que é um grande prazer estar ocupando esse espaço e agradeceu ao convite feito pelo Poder Executivo. “O que mais me deixa feliz é Sr um professora negra e mulher e ter sempre a honra de levar para os lugares onde vou levar a valorização da cultura afro. “Esperamos vocês aqui na nossa encantadora Feira do Livro da praia até o próximo domingo para juntos enaltecermos a cultura e cuidar da nossa praia descartando o lixo corretamente. Vamos apreciar essa maravilha de Osório”.

Conforme a homenageada, a professora Cristina, a leitura não pode ser somente no período escolar, mas deve ser companheira do cidadão durante a vida toda. “Precisamos colocar como meta, o cidadão que lê é bem mais completo, porque ele desenvolve o seu  poder critico, seu poder imaginativo e isso o ajuda a tomar decisões, ter opiniões e se posicionar e viver melhor. A literatura desenvolve muito em nós essa sensibilidade. Para sermos críticos e insensíveis nesta sociedade em barbárie, muitas vezes, precisamos estar preparados e a leitura nos dá esse alimento. Precisamos adotar a leitura como parte inadiável de nossas vidas. Esta,os aí com feira com escritores e literatura para todos os estilos e gostos, vamos prestigiar e comprar livros”.

A 11ª Feira do Livro é uma realização da Prefeitura de Osório/Jogue Limpo, Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura e Juventude.

Confira a programação:

Quarta-feira – 29 de janeiro de 2020
15h30-Abertura das bancas
16h- Um olhar encantador sobre a educação infantil (Contação de história) -Professora Estela Silva
20h- abertura oficial
20h30- Roda de conversas e Sessão de autógrafos: Patrono Anderson Delalves Costa, Homenageada Cristina M. de Oliveira e Xerife Estela Silva.
21h-Música na Praça com a Banda Municipal de Osório

Quinta-feira – 30 de janeiro de 2020
15h30- Abertura das bancas
16h- Espetáculo teatral A Menina que Desenhou o Mundo
19h- Espetáculo teatral O Escuro – Direção: Jeferson Hertozg
20h30- Música na praça: Paulinho di Casa e Convidados.

Sexta-feira – 31 de janeiro de 2020
15h30- Abertura das bancas
16h- Espetáculo Bruno Mariotti – O menino das ideias inesgotáveis
19h- Sarau com AELN- Academia dos Escritores do Litoral Norte
20h30- Espetáculo: Viajando pelos Brasis com Escola de Dança Rafael Stenzel.

 Sábado – 01 de fevereiro de 2020
15h- Abertura das bancas
15h às 22h- Bazar Aartencontro- Feira de artesanato
17h- Dance com Sabrina Dancer- Influências do Pop e Hip Hop
19h- Bate Papo, Lançamento e autógrafos do Livro 1824- Como os alemães vieram para o Brasil -Escritor e historiador Rodrigo Trepach
20h- Talk Show: Escritora, palestrante e jornalista Juliana German
21- Música na Praça: Banda New & Old Friends.

Domingo – 02 de fevereiro de 2020
15h- Abertura Oficial das bancas
15h às 22h- Bazar Artencontro – Feira de artesanato
17h- Intervenção cultural com os palhaços Split e Costela – Grupo Guedes &Cia
19h- Apresentação do Coral Municipal de Osório.

Comentários

Comentários