A missão no coração da fé cristã – Dom Jaime Pedro Kohl

Neste domingo, 22 de outubro, celebramos o Dia Mundial das Missões. A mensagem do papa Francisco nos convida a perceber a importância da Missão na vida cristã. Ser cristão implica ter um coração missionário, aberto a Deus e aos irmãos. Vejamos a sua mensagem:

“O Dia Mundial das Missões concentra-nos na pessoa de Jesus, o primeiro e maior evangelizador que incessantemente nos envia a anunciar o Evangelho do amor de Deus Pai, com a força do Espírito Santo. Este Dia convida-nos a refletir novamente sobre a missão no coração da fé cristã. De fato, a Igreja é, por sua natureza, missionária; se assim não for, deixa de ser a Igreja de Cristo, não passando de uma associação como muitas outras.

A missão da Igreja, destinada a todas as pessoas de boa vontade, funda-se sobre o poder transformador do Evangelho. Este é uma Boa Nova portadora de uma alegria contagiante, porque contem e oferece uma vida nova: a vida de Cristo ressuscitado.

Por conseguinte, a missão da Igreja não é a propagação de uma ideologia religiosa, nem mesmo a proposta de uma ética sublime. Pela missão da Igreja, é Jesus Cristo que continua a evangelizar e agir; e, por isso, ela representa o kairós, o tempo propício da salvação na história.

Lembremo-nos sempre de que, ao início do ser cristão, não há uma decisão ética ou uma grande ideia, mas o encontro com um acontecimento, com uma Pessoa que dá vida a um novo horizonte, o rumo decisivo. O Evangelho é uma Pessoa que continuamente se oferece e se acolhe com fé humilde e operosa.

O mundo tem uma necessidade essencial do Evangelho de Jesus Cristo. Ele, por meio da Igreja, continua sua missão de Bom Samaritano, curando as feridas sanguinolentas da humanidade e, na missão de Bom Pastor, buscando sem descanso quem se extraviou por veredas enviesadas e sem saída. Não faltam experiências significativas que testemunham a força transformadora do Evangelho.

Os jovens são a esperança da missão. A pessoa de Jesus e a Boa Nova proclamada por Ele continuam a fascinar muitos jovens. Como é bom que os jovens sejam ‘caminheiros da fé’, felizes por levarem Jesus Cristo a cada esquina, a cada praça, a cada canto da terra.

O Dia Mundial das Missões é a ocasião propícia para o coração missionário das comunidades cristãs participarem, com a oração, o testemunho da vida e comunhão de bens, na resposta às graves e vastas necessidades da evangelização”.

Dom Jaime Pedro Kohl – Bispo de Osório.

 

Comentários

Comentários