A vocação brota do coração de Deus e se desenvolve no coração humano

O Papa Francisco em 2014, em sua mensagem para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações, nos dizia que a vocação brota do coração de Deus, a iniciativa é Dele.

No evangelho deste domingo Jesus se apresenta como o bom pastor que dá a vida pelas ovelhas.Ele não veio somente para alguns, mas para todos.Ele escolheu e constitui 12 para ficar com ele e serem enviados a pregar a boa nova do Reino. E para dar continuidade a sua missão no mundo continua chamando.

A nova “ratiofundamentalis” há pouco publicadadiz: “O DOM DA VOCAÇÃO ao presbiterado, conferido por Deus no coração de alguns homens, exige da Igreja propor-lhes um sério caminho de formação... trata-se de conservar e desenvolver as vocações, para que produzam frutos maduros. Elas constituem um ‘diamante bruto’, que deve ser trabalhado com habilidade, respeito pela consciência das pessoas e paciência, para que resplandeçam no meio do Povo de Deus”.

A vocação é DOM de Deus, não nasce pronta, mas como ‘diamante bruto’ precisa ser lapidada, formada com muita dedicação e carinho pelos formadores.

A“ratio”continua: “As vocações eclesiais são manifestações das incomensuráveis riquezas de Cristo (Ef 3,8) e, portanto, devem ser tidas em grande consideração e cultivadas com prontidão e solicitude de modo que possam desabrochar e amadurecer”.

E segue: “Entre as múltiplas vocações incessantemente suscitadas pelo Espírito Santo no Povo de Deus, aquela ao sacerdócio ministerial chama a ‘participar do sacerdócio hierárquico de Cristo’, e a unir-se a Ele no seu ‘apascentara igreja com a palavra e a graça de Deus’”.

“A missão da Igreja é ‘cuidar do nascimento, discernimento e acompanhamento das vocações, em particular, das vocações ao sacerdócio’” (nº 13). Oferecer condições adequadas para que as vocações nasçam e cresçam sadias e fortes, depende da família e da comunidade cristã.

Todas as instâncias devem se preocupar com a animação e promoção vocacional:“É necessário apoiar aquelas iniciativas que poderiam ajudar a obter de Deus o dom de novas vocações: antes de tudo a oração pessoal e comunitária” (nº 14).

A Jornada Mundial de Oração pelas Vocações, neste Domingo do Bom Pastor, peçamos ao divino Pastor que mande muitas vocações sacerdotais e religiosas.

A ordenação diaconal do Ricardo e do Gilberto nestes dias é sinal que Deus continua chamando, quea vocação brota do coração de Deus e se desenvolve no coração humano.

Dom Jaime Pedro Kohl – Bispo de Osório

Comentários

Comentários