Access Consciousness e o poder de uma escolha – Terapeuta Holística Luana Pacheco

* Em Osório, a Terapeuta Holística Luana Pacheco atende diariamente na clínica Shaday. Maiores informações você pode conseguir através do WhatsApp da própria profissional, no 51 99521 3428.

Quantas vezes você já parou para perceber o poder que uma única escolha sua pode mudar completamente sua vida?

Em Access Consciousness, nós aprendemos que não tem nada mais poderoso para mudar o mundo, do que a escolha de sermos nós mesmos, aquilo que mais verdadeiramente somos, além de todo julgamento, expectativa e projeção mental, nossa, e dos outros.

E foi uma escolha, uma única escolha, feita pelo casal Nanay e Tatay, das Filipinas, que mudou completamente a vida do jovem Jayvee Lazaro Badile II. Tendo sido abandonado na rua quando ainda era praticamente um bebê, esse casal, que era praticamente miserável, resolveu adotar ele mesmo assim. Ele relata que as vezes não tinham nem o que comer, mas eles faziam de tudo para dar para ele, o que nem eles mesmos tinham.

Agora, anos depois, ao crescer, aquele menino abandonado se tornou um profissional de sucesso, e deu de presente para os pais uma casa em um bairro rico de seu país, e está levando eles para conhecer o mundo.

Quantas escolhas nós podemos fazer hoje, que podem nos dar mais do que jamais sonharíamos amanhã?

Os pais dele nunca pensaram em recompensa nenhuma, apenas foram verdadeiros com o que era real para eles, contribuir, ainda que com migalhas, para que aquela pequena forma de vida tivesse mais chance de sobreviver.

Quanto tempo a gente não perde, sem fazer nada, pensando que nossa contribuição não é grande o suficiente?

As vezes, o pouco que temos, é tudo o que se requer para mudar o mundo, nem que seja de uma única pessoa.

O grego Proxenus, nunca pensou que seu gesto mudaria o rumo da humanidade, ao adotar um jovem órfão chamado Aristóteles, em ensinar para ele os rudimentos da Filosofia, que era o melhor que podia oferecer.

Imagina se ele tivesse julgado que era pouca coisa?

O quanto o nosso pouco é só tudo de que precisa esse mundo?

– LUANA PACHECO

Comentários

Comentários