Alceu Moreira é reconduzido à presidência do MDB-RS

GAlileu Oldenburg/MDB RS

A necessidade urgente de autocrítica e a construção de consensos para o desenvolvimento do País foram temas recorrentes nas dezenas de intervenções de dirigentes e de militantes na Convenção Estadual do MDB gaúcho, realizada na manhã de sábado, 6 de abril, em Porto Alegre.

A eleição interna – que reconduziu Alceu ao comando do partido no Rio Grande do Sul para o biênio 2019/2021 -, contou com o voto de 405 convencionais. Foram 382 favoráveis, 8 brancos, 3 nulos e 12 contrários à chapa única apresentada. O diretório é formado por 71 membros titulares e 23 suplentes. Após o resultado, os novos dirigentes indicaram os 17 membros da Executiva Estadual.

No encontro ainda foi editado o documento Mudar e Avançar, que sugere renovação da direção nacional do partido, que fará a sua convenção em setembro, em Brasília. O texto ainda defende a construção de uma posição política de centro como solução para o desfecho de temas essenciais para o desenvolvimento econômico e justiça social do País.

O ex-governador José Sartori foi lembrando como alternativa para liderar esse processo de renovação. O nome dele foi lançado pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra, que teve adesão de mais de 600 correligionários presentes ao ato político.

Comentários

Comentários