Foto Lucio Bernardo Jr.

“Vitória do mandato e dos produtores rurais do Litoral. O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor de cebola do país, sendo mais de 80% concentrado na região”. A declaração foi dada pelo deputado federal Alceu Moreira (PMDB) nesta terça-feira, 5, após ser informado pelo MDIC (Ministério da Indústria e Comércio Exterior) da inclusão da cebola na Letec – Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum do Mercosul –, para que a hortaliça importada tenha taxação de 35% ao entrar no Brasil.

A demanda partiu dos agricultores gaúchos e catarinenses e foi assumida como bandeira de luta por ele e pelo colega de bancada Peninha Mendonça (PMDB/SC). A dupla esteve reunida em várias oportunidades com representantes do governo a fim de garantir o produto na lista, sendo a última na semana passada, quando foi batido o martelo pelo ministério.

Letec

A LETEC é um mecanismo criado pelo Mercosul para permitir aos países membros do bloco a manutenção de alíquotas de imposto de importação diferentes das previstas pela Tarifa Externa Comum (TEC). A LETEC brasileira pode ter até 100 itens tarifários.

Histórico

Representante do Litoral, Alceu Moreira tem sido o principal defensor da causa dos cebolicultores gaúchos em Brasília, seja através da articulação política ou de iniciativas como em 2013, quando conduziu um grupo de produtores locais para fazer estágio na sede nacional da Embrapa.

Comentários

Comentários