Após 8 anos, Copa Libertadores voltar a ter Grêmio e Internacional classificados

Fonte: Sport Club Internacional via Facebook

A Copa Libertadores da América de 2019 vai contar com os dois principais times do Rio Grande do Sul. Grêmio e Internacional conseguiram fazer excelentes campanhas, terminaram entre os melhores do Campeonato Brasileiro e garantiram vaga no torneio continental. A última vez que os dois estiveram juntos na competição foi em 2011, quando as duas equipes acabaram eliminadas nas oitavas de final. Desta vez, a expectativa é maior com os dois times.

O Grêmio não teve dificuldades para garantir, pelo quarto ano consecutivo, uma vaga na Libertadores. A equipe, que foi campeã da América em 2017, sonha com o quarto título na próxima temporada. Neste ano, o time comandado por Renato Gaúcho chegou até a semifinal, porém não aguentou a força do River Plate, que acabou sendo campeão.

A aposta principal do time é justamente no treinador, que vai completar três anos no comando do Tricolor. Com uma base consolidada, tendo Geromel, Everton e Luan como destaques, o Grêmio espera surpreender para conseguir bons resultados e ser tornar o clube brasileiro com mais título na Libertadores.

Fonte: Grêmio FBPA via Facebook

Já o Internacional ainda está em processo de retomada. Após o rebaixamento em 2016, o Colorado passou por uma reestruturação, conseguiu voltar à elite do futebol e foi a principal surpresa de 2018. Com um terceiro lugar no Campeonato Brasileiro, o Inter garantiu o retorno também para a Libertadores, com o sonho do terceiro título continental.

Apostando no novato Odair Hellmann como treinador, e mantendo a base da equipe de 2018, o Internacional não deve entrar com favoritismo. Porém, a Libertadores é uma competição que a camisa pode falar mais alto do que um elenco recheado de bons nomes. Por isso, seria impossível não colocar o Internacional como um concorrente de peso na disputa.

Reforços para saídas importantes

Apesar das duas equipes estarem com elencos elogiados, já que conseguiram boas colocações no Campeonato Brasileiro, será preciso buscar reforços. O mercado de transferências começou agitado e deve ficar assim até janeiro de 2019. Enquanto o Grêmio só apostou na dupla ofensiva Joanderson e Guilherme Dantas, o Internacional trouxe até o momento apenas o zagueiro Ernando.

Os dois times vão precisar mais do que isso para reforçarem bem o elenco, principalmente por conta de algumas saídas. Ramiro, titular absoluto no meio de campo do Grêmio, foi anunciado como reforço do Corinthians. Ou seja, a equipe precisa buscar um jogador que possa substituir o antigo meia, algo difícil de encontrar.

Enquanto isso, o Internacional perdeu dois jogadores importantes. Enquanto o lateral Fabiano foi para o Palmeiras, o artilheiro Leandro Damião recusou a proposta de renovação. O motivo foi uma oferta irrecusável do Kawasaki Frontale, do Japão. Por isso, o trabalho da diretoria do Inter vai ser pesado durante a busca.

Fonte: Sport Club Internacional via Facebook

Assim, com reforços ou não, Grêmio e Internacional são garantias na Libertadores. As duas equipes não podem ficar no mesmo grupo, durante a primeira fase, porém já tem quem sonhe com um possível Gre-Nal na fase decisiva. Se a Libertadores de 2018 terminou com um Boca e River, por que não acreditar num clássico gaúcho para a temporada de 2019?

Comentários

Comentários