Área invadida é desocupada em Imbé

Foto Gustavo Pretto

Fiscais da Secretaria do Planejamento Urbano, Habitação e Regularização Fundiária (SEPLAN) e funcionários da Subprefeitura de Santa Terezinha, com apoio da Brigada Militar e da Guarda Municipal, realizara uma ação de desocupação de área invadida por um grupo de cinco homens no balneário Marisul, em Imbé. A ação ocorreu após denúncia anônima.

De acordo com a titular da pasta, Renata Franki Moreira, os indivíduos erguiam um barraco de forma irregular e já haviam construído uma cerca de madeira para isolar o local.

O loteamento localizado entre as ruas Bento Gonçalves, General Osório, Flores da Cunha e Cândido Costa, quadra 37, é área pública e serve como reserva técnica do loteamento que abriga famílias do Santa Terezinha Praia Clube.

Renata explica que a Prefeitura estuda a possibilidade de construir no local um posto de saúde, uma escola ou, até mesmo, abrigar novas famílias devidamente registradas.

“São 21 famílias que terão um local próprio após acordo com a justiça que definiu a Prefeitura como doadora dos lotes, e a empresa proprietária da área construirá as casas”, disse Renata.

A madeira retirada foi encaminhada para a sede da Subprefeitura de Santa Terezinha. Denúncias de invasão em locais públicos podem ser feitas através da Ouvidoria Municipal ou diretamente na Fiscalização de Obras, através do telefone (51) 3627-8255.

Ronaldo Berwanger

Comentários

Comentários