Arquivo por Autor

Reforma de previdência – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 12/01/2018 as 14:57 por Jayme José de Oliveira

Reforma de previdência - Jayme José de Oliveira
Resumo da história da Previdência Social: A previdência social no Brasil deu seus primeiros passos com a lei Eloi Chaves de 1923 que criou as Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAPs), geralmente organizadas por empresas e empregados. Em 1930 o presidente do Brasil, Getúlio Vargas, suspendeu as aposentadorias das CAPs durante seis meses e promoveu uma reestruturação que acabou por substituí-las por Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs), autarquias federais […]

Diga não – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 05/01/2018 as 17:32 por Jayme José de Oliveira

Diga não - Jayme José de Oliveira
Na fábula “A galinha dos ovos de ouro” de Esopo, a ganância soterrou as possibilidades duma vida sem problemas financeiros para uma família de agricultores. O imediatismo levou à morte da galinha e seu sacrifício ao fim da prosperidade. Mesmo em animais se observam comportamentos diferentes. O tamanduá abre uma pequena fenda no cupinzeiro, introduz sua língua pegajosa, se alimenta e parte, deixando pequenos danos passíveis de reparação. Uma nova […]

Votos de ano novo – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 29/12/2017 as 11:24 por Jayme José de Oliveira

Votos de ano novo - Jayme José de Oliveira
Tornou-se um hábito universal na virada do ano distribuir votos, os mais diversos e assumir intenções de mudar hábitos que consideramos possíveis de melhora, esses, na maioria dos casos, tão efêmeros como o espocar dos fogos e o borbulhar dos espumantes. Sérgio Jockymann (Palmeiras das Missões, 29 de abril de 1.930 – 16 de fevereiro d 2.011) foi jornalista, poeta e dramaturgo. Seu pai, um engenheiro agrônomo e farmacêutico, e […]

Manifesto subscrito por operadores de direito contra a bandidolatria – sumário - Ponto e contraponto

Publicado em 19/12/2017 as 18:35 por Jayme José de Oliveira

Manifesto subscrito por operadores de direito contra a bandidolatria - sumário
MANIFESTO SINCERO AO POVO BRASILEIRO DE ALGUNS PROFISSIONAIS DO DIREITO REALMENTE PREOCUPADOS COM AS VÍTIMAS E A SEGURANÇA PÚBLICA. “Nós, operadores do Direito realmente preocupados com a segurança pública, com o direito de ir e vir das pessoas, com a vida das pessoas de bem e não só dos bandidos, preocupados especialmente com as vítimas e não só com seus algozes...Você pensa que eles se preocupam com sua vida, mas […]

Esplendor da natureza – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 11/12/2017 as 15:58 por Jayme José de Oliveira

Esplendor da natureza - Jayme José de Oliveira
O Criador é o maior artista, humanos tentam canhestramente imitá-lo. Usando apenas elementos naturais esculpe obras de arte inimitáveis. Vulcões são estruturas geológicas em que ocorre o lançamento de material magmático, cinzas e gases oriundos do interior da Terra para a superfície. A maioria das erupções ocorre em regiões montanhosas que acompanham as bordas das placas tectônicas. Em 1815 a explosão mais poderosa já registrada na história abalou o planeta. […]

Hiperinflação – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 04/12/2017 as 19:05 por Jayme José de Oliveira

Hiperinflação - Jayme José de Oliveira
Governadores, que não tem meios de gerar verbas para cobrir despesas (estão literalmente quebrados) ao contrário do governo federal, que pode aumentar a dívida já insustentável, PRECISAM ABANDONAR QUESTIÚNCULAS POLÍTICAS, IDEOLÓGICAS E, EM BLOCO, FORMAR UMA FRENTE UNÍSSONA. Precisam apresentar propostas coerentes, coesas e inadiáveis visando a curto prazo desafogar o garrote asfixiante e, a longo prazo afastar o Brasil da hiperinflação e consequente ingovernabilidade total. Serão medidas impopulares por […]

Maravilhas do Hubble – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 23/11/2017 as 10:37 por Jayme José de Oliveira

Maravilhas do Hubble - Jayme José de Oliveira
Os primeiros registros astronômicos datam de aproximadamente 3000 aC e devem-se a chineses, babilônios e egípcios. O ápice da Astronomia Antiga deu-se na Grécia de 600-400aC. Foram os primeiros a falar em esfera celeste e a considerar que o Sol girava ao redor da Terra. Tales de Mileto (624-546aC) pensava que a Terra era um disco plano. Pitágoras (572-497aC) acreditava que todos os corpos celestes eram esféricos. Aristarco de Samos […]

Buraco negro – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 11/11/2017 as 11:46 por Jayme José de Oliveira

Buraco negro - Jayme José de Oliveira
No apêndice do livro “Vozes de Tchernóbil” de Svetlana Aleksióvitch, Prêmio Nobel de Literatura 2015, a autora reproduz um tabuleta afixada à porta dum cemitério: “ALTA RADIAÇÃO, PROIBIDO ENTRAR A PÉ OU DE CARRO”. Nele jazem os corpos dos que lacraram a usina de Tchermóbil, incendiada em 26/04/1986,ocasião em que lançou imensa quantidade de partículas radioativas sobre a URSS e boa parte da Europa. O livro é um libelo contra […]

Deus – Einstein e Spinoza – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 04/11/2017 as 17:01 por Jayme José de Oliveira

Deus - Einstein e Spinoza  - Jayme José de Oliveira
Pergunta recorrente de estudantes nas conferências que Einstein pronunciava em universidades nos Estados Unidos: - O senhor crê em Deus? Respondia: - “Creio em Deus de Spinoza”. (Benedict Spinoza, 1632-1677, filósofo holandês, com René Descartes e Gottfried Leibniz eram racionalistas dentro da chamada Filosofia Moderna) “Quero que desfrutes da vida, quegozes, que cantes, que te divirtas, que desfrutes de tudo que fiz para ti”. Minha casa não são os templos […]

O mito de Gyges 2 – Jayme José de Oliveira - Ponto e contraponto

Publicado em 28/10/2017 as 15:01 por Jayme José de Oliveira

O mito de Gyges 2 - Jayme José de Oliveira
Platão, ao relatar o Mito de Gyges afirma que o homem almeja sempre mais glória, conforto, vantagens, prazeres. Apenas a lei e o temor das consequências o impede de agir desonestamente. (Livro II da República) Sócrates, seu mestre, afirmou que os homens se distinguem uns dos outros pela integridade ou falta dela. Participo desta convicção. Como as moedas, o íntimo do homem tem duas faces e a altruísta é responsável […]