BM mantém cerco em busca de assaltantes de banco em cidades do Litoral

A Brigada Militar mantém um cerco em busca de assaltantes que atacaram a agência do Banrisul, nessa sexta-feira (05), no Caraá.

Foi montado um perímetro de ação, nas cidades de Caraá, Riozinho, Santo Antônio da patrulha e Osório (Morro da Borússia). Um helicóptero participa da operação.

Um dos carros utilizado pelos bandidos foi encontrado abandonado no acesso à localidade de Tombadouro, ainda na tarde de ontem,  já perto da AGASA. A policia acredita que eles estejam em meio a mata, aguardando a oportunidade para seguir na fuga.

Durante a madrugada foram recebidas denúncias do suposto paradeiro dos bandidos, mas até o momento, nenhum deles foi preso.

O assalto

Imagem do momento do assalto.

Um grupo armado assaltou uma agência do Banrisul, no início da tarde desta sexta-feira, em Caraá. Oito bandidos teriam participado da ação.

Os assaltantes fizeram um cordão humano com os clientes, roubaram quantia não informada e levaram dois vigilantes como reféns. Eles foram liberados durante a fuga.

Além de um IX 35, os criminosos utilizaram outro carro e uma motocicleta. Miguelitos (pregos retorcidos usados para furar pneus) foram largados pelos meliantes na estrada.

Guarnições da Brigada Militar de Santo Antônio da Patrulha e de Osório fazem buscas na região, incluindo no Morro da Borússia.

Um helicóptero da Brigada Militar também sobrevoa a área.

Comentários

Comentários