Caraá recebe oficinas para preparar a comunidade para a regularização de imóveis rurais

O município de Caraá recebe oficinas do Programa de Levantamento, Cadastramento e Regularização Fundiária de Imóveis Rurais, resultado de convênio entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (Sead).

O objetivo das oficinas é preparar as famílias para as atividades de campo relacionadas ao levantamento, ao cadastramento e ao georreferenciamento de imóveis rurais. Após as oficinas, os ocupantes de lotes rurais receberão as peças técnicas (memoriais e plantas georreferenciadas) para encaminhar a titulação e a regularização das terras. O processo será estabelecido conforme as características de cada imóvel.

“Estima-se que o Rio Grande do Sul tenha em torno 200 mil hectares em imóveis rurais sem regularização fundiária, divididos em mais de 10 mil estabelecimentos agropecuários. A área dos cinco municípios a ser abrangida pelo programa (Barão do Triunfo, Caraá, Cerro Grande do Sul, Itati e Mampituba) soma 69 mil hectares”, lembrou o secretário da SDR, Tarcisio Minetto.

Programação das próximas oficinas em Caraá

11 de janeiro 9h (Morro Agudo), 14h (Alto Caraá), 20h (Caraá Central)

12 de janeiro 9h (Sertão do Rio dos Sinos), 14h (Vila Nova)

23 de janeiro 9h (Linha Padre Vieira), 14h (Alto Rio dos Sinos)

24 de janeiro 9h (Pedra Branca), 14h (Sede Municipal), 20h (Passo Osvaldo Cruz)

Nathalie Sulzbach

Comentários

Comentários