China abre mercado para leite e queijos brasileiros

Presidente da Frente Agropecuária (FPA), deputado federal Alceu Moreira (MDB/RS

A abertura do mercado chinês para produtos lácteos brasileiros foi anunciada nesta terça-feira, 23, pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Um total de 24 plantas agora estão aptas a exportar leite em pó e queijos para o país asiático numa receita anual estimada pela Viva Lácteos  em US$ 4,5 milhões.

O presidente da Frente Agropecuária (FPA), deputado federal Alceu Moreira (MDB/RS), destacou que a abertura chega num importante momento, tendo em vista a crise enfrentada pelos produtores devido às baixas constantes no preço pago pelo litro de leite e nos custos elevados de produção.

Para ele, que integrou a missão que foi à Ásia no começo do ano para ampliar a relação comercial, a exportação deve impulsionar o mercado e, consequentemente, auxiliar a sanar esses contenciosos. “A China tem um mercado consumidor de 1,3 bilhões de pessoas”, complementou Alceu Moreira.

Ainda segundo o presidente do Sindilat, Alexandre Guerra, no RS pelo menos seis plantas têm condição de exportar para os chineses.

 

Comentários

Comentários