A chuva intensa que atingiu Tramandaí na noite dessa segunda-feira (11), causou transtornos no Hospital Tramandaí. As calhas do prédio não suportaram o volume de água e acabaram transbordando.

Goteiras se formaram nos corredores da instituição, na UTI Neonatal e no setor de emergência.

O maior problema ocorreu com os aparelhos de tomografia e radiografia. Mais sensíveis, ambos pararam de funcionar com a falta de energia elétrica.

Imediatamente, a instituição encaminhou para o Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa, os pacientes que necessitavam de tomografia.

Já os exames de emergência de radiografia foram repassados para a UPA de Tramandaí.

Nas redes sociais, o diretor hospitalar, Luis Genaro Figoli, falou sobre o ocorrido.

— Tivemos três quedas bruscas de luz consecutivas, que afetaram os dois aparelhos de exames. São equipamentos mais sensíveis. Além disso, a quantidade de água foi muito grande em pouquíssimo tempo. Foi impossível as calhas suportarem. As equipes de higienização trabalharam rápido e a situação foi contornada ainda na noite de segunda-feira, sem precisar suspender os atendimentos no hospital — ressaltou Figoli.

As informações são de Zero Hora.

Comentários

Comentários