Ciclone se forma na costa gaúcha: frio, vento forte e ressaca no mar

O poderoso ciclone que deve se formar entre a próxima sexta e sábado (18/19), é responsável por uma série de fenômenos meteorológicos que podem ocorrer durante todo o final de semana, se prolongando durante a segunda-feira (22).

De acordo com a Conexão GeoClima, embarcações de pequeno e médio porte devem evitar qualquer tipo de navegação nos próximos dias, pois além da ressaca, rajadas de vento podem ultrapassar os 110 km/h em alto mar, se comparado com as rajadas de 90 km/h previstas na costa (de forma isolada).

O ciclone deve provocar forte ressaca entre a Grande Florianópolis e Litoral Sul de SC, como também no Litoral Norte do RS.

Já, a MetSul, alerta para a chuva que atinge grande parte do Sul do Brasil e será isoladamente forte por efeito de uma frente fria e um centro de baixa pressão.

Ressaca ocorrida no Litoral Norte em 2016. Foto Plataforma de Tramandaí

Esse centro de baixa dará origem no fim de semana a um ciclone no Atlântico na altura da costa gaúcha. Vai impulsionar ar gelado e esfriará muito.

E o ar frio chegará com vento moderado a forte. Rajadas mais fortes principalmente no domingo e, sobretudo, no Litoral Norte gaúcho e no Sul Catarinense.

A ventania em alto mar gerará forte ressaca e elevação da maré nas praias, especialmente de Mostardas a Torres, aqui no Estado e no litoral catarinense.

Comentários

Comentários