Maria Ivania Diversidades em Foco por Maria Ivania Praia de Quintão e assuntos do cotidiano serão debatidos neste espaço.

A pressa é inimiga da nossa felicidade

09/09/2014
Sou uma eterna observadora da natureza, da vida e das pessoas, percebo que estamos na era da síndrome da pressa. A mais evidente transformação que se observa no comportamento humano hoje é, sem dúvida, a pressa ou a corrida contra o tempo. Estamos sempre apressados. Como se as horas fossem insuficientes para tantas tarefas a serem cumpridas no dia a dia.

As tecnologias do mundo moderno nos foram oferecidas com a promessa de economizar tempo e, no entanto, o que parece que está acontecendo é que, as pessoas sentem cada vez mais falta de tempo.

Atualmente somos a sociedade que tem pressa. O que nos trás uma sensação muito desagradável de que estamos lutando contra o tempo, que não teremos tempo para realizar todas as tarefas, ou compromissos do dia, semana e mês. Quando isso acontece começamos a sentir muita ansiedade, isto quer dizer estamos ficando cronicamente apressados.  Escovamos os dentes  e penteamos o cabelo ao mesmo tempo, falamos no telefone e respondemos e-mail ao mesmo tempo, falamos ao celular e dirigimos ao mesmo tempo, estudamos e escutamos música ao mesmo tempo.  Isto pode significar que, provavelmente tem os o anseio de sermos duas pessoas ao mesmo tempo.

Fazemos tudo para termos um futuro melhor e quando ele chega, não o aproveitamos, pois estamos apressados porque dormimos com pressa, tomamos banho com pressa, comemos com pressa, andamos com pressa, falamos com pressa, estudamos com pressa, amamos com pressa, brincamos com pressa e muitas vezes nos divertimos com hora marcada, mas, a pressa em atender a todos e resolver tudo é o álibi perfeito para que ela seja mantida como modelo e referência para a nossa vida dita ”moderna”.

Com a forte influência do consumismo pós-moderno, e este sendo apoiado pelos meios de comunicação social, podemos imaginar que  dificilmente sairemos tão já dessa síndrome de pressa.Há quem diga que apressa e o stress correm lado a lado.

Os eternamente apressados normalmente têm problemas de relacionamento interpessoais, porque não tem tempo de dedicar-se aos amigos, não tem tempo de dedicar-se um ao outro. Sem tempo para os amigos, para o laser, sem tempo para cuidar da saúde e para cultivar amigos antigos ou conquistar novos amigos, fica complicado Então, surge a solidão.

Portanto, a síndrome da pressa transformou-se em inimiga número um dos bons costumes, da conversa olho no olho, do tempo disponível para realmente ouvir e perceber o outro. Para prestar mais atenção no que conquistamos e desfrutar disto plenamente.Isto não acontecendo com o passar do tempo,conquistar a sensação de felicidade fica extremamente mais difícil.

Para sermos realmente mais felizes é importante aprender a esperar. Aprender a desacelerar e curtir mais cada momento. Em sendo ao contrário nos decepcionamos e frustramos. E, o pior, nos cobramos cada vez mais.

É essencial dar tempo ao tempo.

Vivenciar cada minuto das oportunidades que a vida nos oferece.

Viva mais! Viva plenamente.

Maria Ivania Backes de Oliveira
Personal & Professional Coach
email: miboconsultoria@terra.com.br
site:http://miboconsultoria.com.br

Enviar para um amigoImprimirFazer comentárioVoltarVoltar para o topo »Comentários »Últimas colunas: