Como cuidar da saúde mental durante a quarentena – Psicóloga Cintia Santos

Psicóloga Cintia Santos – Fone/WhatsApp:(51) 998156421

Quando iríamos pensar que viveríamos uma pandemia como a do Coronavírus, que o mundo pararia, e que com o intuito de preservarmos a nossa saúde e da nossa família realizaríamos o isolamento social? E agora, como fica a situação em tempos de isolamento? Como cuidar da nossa saúde mental durante a quarentena?

A situação atual de isolamento social em que estamos vivendo, além de prejudicar diretamente a economia e ativar preocupações com perdas financeiras, influencia também o fator humano,  e como saber lidar com as adversidades vividas diante esta pandemia.

Todo este cenário pode ter o poder de afetar a saúde mental das pessoas, aumentando os níveis de ansiedade, podendo gerar estresse agudo, irritabilidade, sono desregulado, medo e raiva, pois diante de tantos fatores desconhecidos e incertos, se cria uma grande insegurança.

Então o que podemos fazer para amenizar os sintomas de ansiedade,viver de maneira saudável e refletir sobre o aprendizado que podemos ter com toda esta realidade?  Para ajudar, aqui vão algumas dicas:

  • Evite a demasia de informação e verifique a fonte, favoreça fontes oficiais e científicas. O excesso de informação, principalmente inverídica é tão ruim quanto a falta dela.
  • Temos que separar o que podemos controlar, como lavar as mãos e o distanciamento social, do que não podemos ter o controle no caso a situação atual que vivenciamos.
  • Cuidados permanentes com pensamentos negativos, repetitivos e disfuncionais. É comum que apareçam, mas questione sua validade e desconfie de pensamentos catastróficos.
  • Medo e preocupações são emoções normais e saudáveis, mas sem exageros. Tente identificar e aceitar suas emoções.
  • Alimente-se bem, realize atividades relaxantes como ver um filme, ler um livro, escutar música e pratique o fortalecimento do vínculo familiar.
  • Faça exercícios físicos, mesmo que seja em casa.
  • Estabeleça rotina, como horário para acordar, se vestir com roupas confortáveis, realize um planejamento diário das atividades que deseja produzir na sua casa, isto pode lhe trazer a sensação de ter um dia produtivo, tendendo a aliviar a ansiedade.
  • Se já faz terapia, não deixe de realizar as sessões, converse com seu psicólogo sobre a possibilidade da pratica ser realizada online, se você ainda não faz terapia e sentir que está com os níveis de ansiedade muito alto, procure uma ajuda profissional, talvez este é o momento para se autoconhecer.
  • Faça uso da tecnologia para se aproximar das pessoas, o isolamento devido a pandemia de Coronavírus pode gerar gatilhos de sentimentos de abandono e rejeição, o importante é se manter conectado as pessoas que você ama.
  • Use a quarentena para se dedicar as atividades que você gosta. Quantas vezes reclamamos que não temos tempo, certamente este é o momento de investir nas atividades dentro de casa como ler, pintar, estudar, fazer cursos online, cozinhar. Desligue um pouco o celular e a televisão.
  • E por fim em meio a esta pandemia precisamos praticar a empatia, estamos vivendo um momento em que não há espaço para egoísmo. De algum modo temos que apreender a ressignificar este momento atual para pararmos, respirarmos e olharmos para dentro de si, para lembrarmos que também temos nossas fragilidades e fraquezas. Não se exija tanto, não queira resolver todos os problemas porque tem tempo, vá no seu tempo.

Fone/WhatsApp:(51) 998156421

Referências:

https://www.saude.ce.gov.brquarenten/

https://www.vittude.com/blog/quarentena-como-manter-a-saude-mental/

Comentários

Comentários