Contenção das dunas sofre novo ato de vandalismo em Imbé

Foto: Pedro Terra

Quase dois meses depois de sofrer ato de vandalismo, parte das estruturas de cercas de contenção das dunas da orla, instaladas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca e Agricultura (SEMMAPA), na altura da Avenida Não-Me-Toque foram roubadas. Conforme o biólogo da pasta, Pedro Terra Leite, quatro barreiras de contenção, chamadas de sand fances, foram levadas. A ação prejudica o trabalho de recuperação das dunas frontais, que integra o Plano de Manejo de Dunas do Município.

Este processo consiste na decomposição sobre o solo de cobertura vegetal morta, a instalação de estruturas de cercas de contenção, chamadas de sand fences, ou outros métodos estruturais, compostos de materiais naturais, que também desempenham funcionalidade, possibilitando até o povoamento de espécies da fauna, por considerar abrigo e proteção.

Segundo o biólogo, as ações ocorrerão nos locais onde as dunas frontais estão degradadas em função da extração irregular de areia e junto a saídas de ruas que formam córregos de escoamento das águas das chuvas, que também acabaram degradando as dunas. Um trabalho de monitoramento acontece para acompanhar o desenvolvimento da recuperação das dunas. “Pedimos a comunidade para que colabore preservando as dunas e as cercas de contenção. Este trabalho é muito importante às futuras gerações para que estas não passem pelos problemas que hoje estamos enfrentando”, destaca o secretário da SEMMAPA, Clairton Alves.

Comentários

Comentários