Fakes podem ser punidas. Autores de notícias estão sujeitos à legislação penal, mediante investigação das autoridades. O Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está monitorando a evolução de casos em nosso território e tomando as medidas conforme previsto no Plano de Ação.                                               O Conselho Regional de Medicina(Cremers) diz que muitas das informações em redes sociais não são verídicas e contribuem para espalhar pânico.

Prestigiar cientistas – Paga-se até um milhão de euros mensais para um jogador de futebol e 1.800 euros para um cientista. Agora, quando procuram desesperadamente o tratamento do coronavírus a quem recorrerão?

Não se contaminar é importante, não transmitir, muito mais. Respeitem os mais fracos e vulneráveis. Respeitem os profissionais da saúde. Conscientizem-se, recolham-se, cumpram medidas de prevenção e quarentena quando indicado. HOJE, não amanhã.                                    Atenção: pessoas assintomáticas, que não tossem, não espirram, não têm febre nem qualquer sintoma de resfriado também podem ser transmissores – até mais perigosos porque não despertam cuidados nos circundantes -, o aparecimento desses sinais da doença só ocorre de sete dias a três semanas após o contágio. Lembrem que devem se resguardar para não serem contagiadas e evitar uma possível disseminação para os circundantes. Cuidem-se seja onde for. Para higienizar as mãos não use álcool líquido, é corrosivo no uso continuado. Apenas álcool gel é recomendado, a economia no preço não compensa mãos afetadas.

Telefones para contato – Números de telefone que devemos acessar para informar sobre casos suspeitos de coronavírus, acionarão equipes que vão comparecer à residência para fazer o teste.                                         (51)3202-1722 – das 10 às 17 horas; (51)99982-0841 – atendimento durante as 24 horas.

Dica de um ortopedista – Na rua, tudo o que você precisa tocar (botão de elevador, maçanetas, corrimões, no transporte público, nos supermercados, etc.), TOQUE COM SUA MÃO NÃO DOMINANTE. Se você é destro, use a mão esquerda, a probabilidade de levar a mão ao rosto é muito menor. E vice-versa.

Não fujamos ao humor, permanecer triste 24 horas ao dia não melhora em nada a situação. Uma boa piada alivia a tensão, lá vai uma:                                                                                                            AVISO IMPORTANTE – Se vocês comerem “xis” nos próximos dias e perceberem alteração no sabor, não se alarmem. É que agora, obedecendo às determinações, o chapeiro está lavando as mãos. Tudo voltará ao normal em breve!

Não deixa de ser irônico que, em tempos de rejeição à ciência – chega-se a reviver coisas que considerávamos há muito superadas: terraplanismo, criacionismo e outros absurdos –  a CIÊNCIA se torna fundamental para todos. Não será com orações, com óleos bentos, água benta, despachos de mães-de-santo, etc., que nos livraremos da pandemia. Será com a descoberta de como produzir vacinas, – para prevenir – e drogas, – para curar -, que CIENTISTAS estão afanosamente pesquisando. Isso não quer dizer que devemos menosprezar a FÉ, seja a religião que for. O valor psicossomático da FÉ, do otimismo, da proatividade auxiliará, SIM, uma recuperação. Conjuguem-se os dois fatores sinérgicos e os resultados serão mais fácil e rapidamente atingidos. Vacinemos, recorramos aos medicamentos alopáticos e TAMBÉM OREMOS.

Cedo, mais cedo que os céticos acreditam, o pesadelo será PASSADO e continuaremos a agir racionalmente, sem dar ouvidos às fakes que pululam (vacinas causam autismo. E outras sandices). Repito, a CIÊNCIA encontra a prevenção e a cura, a FÉ auxilia. Muito.

Última hora: Cientistas israelenses afirmam que uma vacina contra o coronavírus está sendo pesquisada e poderá estar à disposição em breve. Duzentos e sessenta pesquisadores e oitenta doutores estão próximos dum resultado positivo. Outros países, Estados Unidos, Inglaterra e China também estão atuando no mesmo sentido.

PESQUISEMOS E OREMOS!

Jayme José de Oliveira
cdjaymejo@gmail.com
Cirurgião-dentista aposentado

Comentários

Comentários