Criminoso ligado a Fernandinho Beira Mar tenta subornar policiais com R$ 1 milhão em Tramandaí

A Brigada Militar prendeu o traficante internacional José Paulo Vieira de Mello, conhecido por Paulo Seco, no início da noite da quinta-feira (10), em Tramandaí.

Ele vinha sendo procurado, inclusive, pela Interpol e é ligado  ao megatraficante carioca, Fernandinho Beira Mar. Junto com o suspeito foram presas outras oito pessoas, sendo três mulheres e cinco homens, dois deles de nacionalidade colombiana. Quase toda a quadrilha tem antecedentes criminais por tráfico, corrupção de menores e roubos.

Na abordagem, Paulo Seco ofereceu suborno aos policiais militares no valor de um milhão de reais para que a Brigada Militar não realizasse as prisões.

A Brigada Militar chegou na quadrilha por meio da abordagem de um veículo Blazer, na avenida Fernandes Bastos, uma das principais vias da cidade, dirigido por uma mulher de 30 anos. No interior do carro foram encontradas diversas carteiras de identidade com nomes diferentes e a mesma foto da condutora da Blazer. A partir desse momento, quatro viaturas se dirigiram para um endereço na Rua Sólon Padilha, no bairro Cruzeiro do Sul, onde ela relatou que vivia com seu marido.

Na residência, a quadrilha foi surpreendida pela Brigada Militar. Todos tentaram fugir, mas  foram capturados pelas guarnições. No local, havia 103 mil reais em cédulas, 40 telefones celulares, ferramentas semelhantes àquelas utilizadas em arrombamentos de caixas eletrônicos e oito veículos dos modelos Frontier, Amarok, Zafira e Peugeot 207,além de um caminhão F4000 e uma retroescavadeira. Foi solicitado guincho para a remoção dos veículos, incluindo a Blazer do início da abordagem policial.

Os indivíduos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia. A operação, desencadeada pela Brigada Militar, foi acompanhada pelo comandante e subcomandante da 3ª Companhia do 2º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (2º BPAT), pelo delegado e por um inspetor da Polícia Civil.

Comentários

Comentários