Depois da Internet – Nilton Moreira

Recentemente assistindo palestra num grupo religioso/filosófico de estudos que frequentamos, na qual o palestrante referiu que a internet estará logo ali obsoleta, nos surpreendemos.

Talvez para os jovens que hoje veem na internet a ferramenta mais avançada, o colocado pelo explanador não passe de uma mera especulação ou comentário desprovido de sentido algum, mas para os mais antigos e até bem antigos na idade, tal tese tem fundamento.

Há milhares de anos as comunicações eram feitas através dos chamados pombos correio, e até hoje este método ainda existe. Também apareceram as comunicações através do telégrafo, quando Samuel Morse em 1837 registrou a patente desse equipamento. Temos noticias também da comunicação entre os selvícolas por intermédio de fumaça e som de tambores. Com o tempo surge o rádio amador, telefones que hoje são os celulares, uns via rádio, outros via satélite e por fim a internet que possibilitou interligar vários aplicativos. Dizem até que temos em casa hoje equipamentos mais sofisticados do que aqueles que a Nasa utilizou quando colocou o homem na lua!

Claro que todos estes meios de comunicação mais modernos que trafegam por meio de ondas eletromagnéticas não chegam nem perto da sofisticação praticada pelo pensamento, que também vibra em uma determinada frequência, e que a ciência ainda não conseguiu desenvolver equipamento para captá-lo, a exemplo das comunicações entre os animais.

O pensamento que é a comunicação utilizada no mundo espiritual, isto é por todos que já partiram desta vida, ou aqueles que ao dormir entram em contato com o invisível, deverá ser a comunicação do futuro quando na Terra reencarnarem mentes com disposição para suportar esta atividade, já que o cérebro humano ainda precisa se aprimorar para poder desempenhar uma abrangência maior no campo tecnológico, pois a própria ciência admite que o descoberto sobre o cérebro até agora, compara-se a uma gota d’agua no oceano.

Então concluímos que esse avanço tecnológico todo que aconteceu de um período para cá, desde as primeiras maneiras de nos comunicarmos até chegarmos à internet que é o de mais sofisticado que temos, certamente evoluirá e acontecimentos novos virão para surpreender aqueles que acham que já viram tudo.

Não esqueçamos que um Homem que por aqui passou nos disse um dia: “conhecereis a verdade ela te libertará” e certamente esta verdade abrange o conhecimento tecnológico também. Esperemos nossas mentes se aclararem e evoluir, para que sejamos aptos a receber a tecnologia avançada que certamente existe nos mundos mais adiantados do que a Terra, pois foi também o próprio Mestre que nos disse: “há muitas moradas na casa do pai”.

Aguardemos. Paz a todos.

Comentários

Comentários