Dia D – Suely Braga

Suely Braga

Dia 24 de janeiro de 2018 é o Dia D.

É um dia que entrará para a história do Brasil.

Dia em que um inocente será julgado no matadouro dos Togados. Julgado sem provas de um crime que não cometeu. É um julgamento midiático-político. O julgamento de uma autoridade, de um Ex-Presidente do país. Um Ex-Presidente que foi condenado, violado, perseguido com sua família, desmoralizado por uma elite conservadora, uma Suprema Corte politizada e uma mídia oligopolizada.

Julgado sem provas somente por lutar pelo desenvolvimento de seu País Continente, lutar contra a miséria e a fome, lutar por mais educação, saúde, moradia, segurança, trabalho, emprego, vida e terra para todos. Lutar pela conservação e desenvolvimento das riquezas e conservação do seu grande patrimônio. Por defender os direitos sociais, os direitos dos trabalhadores e da população. Defender e respeitar a Constituição Cidadã. Lutar contra a enorme desigualdade social, contra o trabalho escravo realizado pelos grandes empresários e latifundiários.

Lutar para que este país continue sendo o Líder da América Latina e seja valorizado e respeitado pelos outros países do mundo.

Lutar contra o desmonte deste rico Brasil, realizado nos últimos anos e hoje por um poder golpista, corrupto, sem votos e sem apoio popular.

Vai ser julgado e quem sabe condenado por lutar contra o regime de exceção, contra o autoritarismo, o ódio e o fascismo e defender a DEMOCRACIA E A LIBERDADE.

Comentários

Comentários