Educar é construir pessoas – Dom Jaime Pedro Kohl

domConstruir uma casa, um templo, um monumento, uma igreja como fizemos com nossa catedral é coisa importante, dá alegria e satisfação. Nem sempre vemos com o mesmo entusiasmo a importante e bela missão de construir pessoas, dando a elas condições de desabrochar e formar, com sua liberdade e autonomia, responsáveis e conscientes de sua missão no mundo.

         Achei interessante uma reflexão do Frei Aldo Colombo, que faço minha com pequenas modificações. Começa dizendo que Péricles foi o construtor da primeira democracia no mundo. Em certa ocasião mandou reunir todos os notáveis, gênios e artistas que tinham engrandecido Atenas e tinham a missão de perpetuar essa grandeza.

         Foram chamando os arquitetos, engenheiros, escultores, guerreiros que defenderam a cidade, filósofos que propuseram novos sentidos para a vida, lavradores que garantiram o pão. Todos os setores pareciam representados. Péricles percebeu comprometedora ausência: faltavam os professores. Onde estão os mestres? Perguntou o magistrado.

Quando estes chegaram, falou: aqui se encontram aqueles que, com seu esforço e perícia, transformaram, embelezaram e protegeram a cidade. Faltavam vocês, que têm a missão mais importante e elevada de todas: a de transformar e embelezar a alma dos atenienses.

         A verdadeira grandeza de um país é a que procede da inteligência e do caráter. E neste sentido, toda a estratégia em relação ao futuro precisa passar pela educação. Não se pode confundir educação com instrução. Nem se pode imaginar que toda a educação passe pelas salas de aula.

         Educar não é apenas ensinar os nomes dos rios, as capitais dos países e as datas dos eventos passados. Educar é ajudar a construir a pessoa em sua totalidade: corpo, mente e espírito. Educar é moldar os corações.

O educador é um estilista de almas, um embelezador de vidas. De certa maneira, é um parteiro do espírito e da personalidade. É ainda ele quem indica o caminho da comunidade, que se forma pela partilha e aceitação dos outros, acolhendo a riqueza na diversidade.

         A educação não é só uma tarefa da escola e do estado. A missão primeira de educar é da família. Ali se vive a primeira experiência comunitária. Os pais são também mestres e catequistas. A educação deve também perpassar pelos meios de comunicação.

Grande parte recai sobre o Estado, que tem o dever sagrado de estabelecer políticas que priorizam, ao lado da saúde, a educação. A grandeza de uma nação passa pela educação.

Conseguimos ver isso?

Então, participemos na construção de pessoas...

Dom Jaime Pedro Kohl – Bispo de Osório

 

Comentários

Comentários