Escola de Formação de Soldados da BM completa 10 anos em Osório

A Escola de Formação e Especialização de Soldados da Brigada Militar em Osório (Esfes/Osório) completou 10 anos de criação no dia 30 de junho. A data foi comemorada com solenidade na tarde da terça-feira (02/7), na área da Esfes, com a presença do subcomandante-geral da Brigada Militar, coronel Carlos Alberto Prado de Andrade, e do diretor do Departamento de Ensino da Corporação, coronel Vladimir Dalla Costa Ribas.

Em uma década de existência, a Esfes/Osório foi responsável pela formação e capacitação técnica de 4.200 servidores da Brigada Militar por meio de 45 cursos e estágios.

A Comenda da Esfes/Osório, instituída em 2018, foi entregue a militares e civis que se destacaram na promoção e no aprimoramento nas atividades de ensino da Instituição e que contribuíram no reforço da imagem positiva da Escola. Entre os agraciados estavam o subcomandante-geral da BM; o chefe do Estado-Maior da BM, coronel Marcus Vinicius Sousa Dutra; o diretor de Ensino; os comandantes do Comando Rodoviário, do CRPO Serra, do CPM, do CPC e do Litoral; o delegado regional de Polícia Civil, Heraldo Guerreiro; o prefeito de Osório, Eduardo Abrahão (representado pelo vice-prefeito Eduardo Renda), e o ex-prefeito Romildo Bolzan Júnior que governava o município na criação da Esfes/Osório.

Ex-comandantes da Esfes/Osório também foram homenageados: os coronéis da reserva Luis Fernando Borges Fortes Spalding e Renato Nunes Fraga e o tenente-coronel Nélio Tedesco Sperling. A comenda ainda foi conferida a oficiais e praças que fundaram a escola e aos alunos classificados em primeiro lugar nos cursos de formação de soldados de 2017 e 2018-A.

O subcomandante-geral, coronel Andrade, falou que uma das mais nobres  missões é formar  profissionais na Brigada Militar e saudou o comando e efetivo da Esfes/Osório pelo “árduo trabalho de capacitar jovens para as fileiras da Corporação.”

O diretor do Departamento de Ensino afirmou que a importância de uma escola de formação de soldados não reside somente em transmitir conhecimentos técnicos, jurídicos e práticos. “Vai além disso. É ensinar o orgulho, a honradez, o valor da vida, a lidar com as frustrações, com a perda de companheiros no campo de batalha e, mesmo assim, manter-se altivo e consciente do sacrifício de defender pessoas que sequer conhece ou o reconhece.”

O major Aurélio da Rosa, que comanda a Esfes/Osório há quatro anos, disse que a cada nova turma de alunos-soldados, renova-se o compromisso da boa formação àqueles que passam a integrar a Corporação. O oficial agradeceu a todos que contribuíram no decorrer de 10 anos, destacando o apoio do Poder Executivo Municipal, que tem sido parceiro desde a criação da escola.

Os 150 alunos-soldados que estão em curso desde novembro do ano passado e se formam no próximo mês de agosto estavam presentes na cerimônia, que também contou com a Banda de Música da Corporação, com a bênção do capelão Alexandre Chaves e a participação de diversas autoridades civis e militares.

Jussara Pelissoli

Comentários

Comentários