Fiscalização interdita parcialmente estabelecimentos em Arroio do Sal

Foto: MP RS

Nesta quarta-feira, 10, seis estabelecimentos foram fiscalizados e dois deles acabaram interditados parcialmente, durante operação da Força Tarefa Segurança Alimentar no município Arroio do Sal. No total, foram recolhidos e inutilizados cerca de 160 quilos de alimentos impróprios ao consumo.

Segundo o Ministério Público foram fiscalizados e autuados pelos agentes da FT Segurança Alimentar o Mercado JB2, Big Hotel, Rondinha Hotel, Mercado Bolão, Mercado Gaúcho e Restaurante Miro´s, os dois últimos interditados parcialmente.

Nos estabelecimentos vistoriados foram encontrados alimentos com prazos de validade vencidos, embalagens abertas, insetos vivos, problemas de identificação na rotulagem, armazenados de forma irregular, embutidos fora da temperatura e até carnes em contato com o piso.

Participaram da operação o coordenador do Grupo de Atuação especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO – Segurança Alimentar), Mauro Rockenbach, o promotor do Consumidor de Porto Alegre André Marchesan, o promotor de Justiça de Torres Márcio Roberto Silva de Carvalho, representantes Vigilância Sanitária Estadual e Municipal e da Secretaria Estadual da Agricultura, além da PATRAN, DECON e PROCON.

MP RS

Comentários

Comentários