Frequentar as Sagradas Escrituras – Dom Jaime Pedro Kohl

Setembro, para a Igreja do Brasil, é o mês da Bíblia. Ocasião muito oportuna para verificar como está a nossa relação com a Palavra de Deus escrita: as Sagradas Escrituras. Que lugar ocupam na nossa vida, na nossa casa, estes textos sagrados?

         São Jerônimo já afirmava que “desconhecer a Sagrada Escritura é ignorar o próprio Cristo”, portanto se queremos ser cristãos autênticos precisamos frequentar a Bíblia.

         Quando frequentamos a Bíblia, deixando que ela nos fale ao coração, dóceis à ação do Espírito Santo que inspirou seus autores, percebemos que ela nos abre para o encontro com Deus e para a missão, ao anuncio da Boa Notícia aos que ainda não foram alcançados pela graça da evangelização.

         A nossa Campanha: “Bíblia em todas as mãos e a Palavra no coração” vem acompanhada de uma proposta de Leitura Orante, que visa ajudar a entender melhor a Palavra e abrir caminhos para encontrar Deus.

         Se queremos ser missionários de Jesus, precisamos aprender Dele o jeito certo de evangelizar, de aproximar as pessoas e transmitir-lhes a alegria do amor misericordioso do Pai.

Só sentiremos o anseio e a paixão de iluminar todos os povos com a luz de Cristo, se antes nós mesmos nos encontramos com essa Luz na leitura, meditação e contemplação da Palavra.

Somente contagiaremos os irmãos a quem formos enviados se formos tocados e sustentados pela mensagem do Evangelho.

A Igreja sente-se responsável por anunciar o Evangelho a todos os povos e não tem como fazer isso sem a força que vem da Palavra salvadora.

O Evangelho, fermento de libertação, precisa ser vivenciado antes de ser anunciado, caso contrário não será fonte de transformação. E o caminho é a Palavra.

Convido todas as comunidades a aderirem a Campanha da Bíblia, a não medirem esforços na sua divulgação, que isso seja tema de conversa constante nos nossos grupos e sejamos criativos e nos ajudem a fazê-la chegar a todas as famílias, possivelmente a cada católico de nossa diocese. Que Bíblia seja a companheira de todas as horas, nosso livro de cabeceira.

A Leitura Orante da Bíblia pode ajudar a ir fundo no encontro com Deus que fala ao coração de muitos modos, mas especialmente através das Sagradas Escrituras.

Conseguem perceber que o encontro com a Bíblia é encontro com alguém vivo e presente? Alguém que deseja comunicar conosco?

Frequentemos as Sagradas Escrituras com mesmo carinho e atenção com que recebemos uma correspondência daquela pessoa mais querida: Deus.

Dom Jaime Pedro Kohl

Bispo Diocesano

 

Comentários

Comentários