Graxaim ferido é resgatado pela Guarda Municipal em Imbé

Um graxaim foi resgatado por agentes da Guarda Municipal e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar, a Patram, na manhã deste domingo (12), no Centro de Imbé. O animal ficou preso em uma grade no estacionamento de um supermercado.

Conforme os guardas municipais envolvidos no resgate, o graxaim – ou cachorro-do-mato, como é popularmente conhecido – estava bastante ferido e com sangramento em diversas partes do corpo, decorrentes da movimentação do animal, motivada pelo medo e pela dor, enquanto estava preso.

Após o trabalho de remoção ele foi encaminhado ao Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos, o Ceclimar/UFRGS, onde receberá tratamento antes de ser devolvido ao seu habitat natural.

Segundo Pedro Terra Leite, biólogo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca, Proteção Animal e Agricultura (SEMMAPA), trata-se de uma espécie bastante comum no litoral gaúcho.

“Eles têm pelo acinzentado, podem pesar até oito quilos e que chegar a um metro de comprimento, detalha. Ele destaca que os graxains não oferecem risco a humanos e que raramente matam animais domésticos, se alimentando basicamente de carcaças, ou seja, de animais que não foram capturados por eles. “São espécies que se também comem frutos, animais invertebrados – como insetos e caranguejos; e animais vertebrados, incluindo aves, peixes, répteis, roedores, tatus e gambás”, finaliza.

Comentários

Comentários