Homem cai em golpe e tem dinheiro roubado por criminosos em Capão da Canoa

Nessa quinta-feira (15), na cidade de Capão da Canoa, um homem saiu da Caixa Econômica Federal – CEF, quando um criminoso que seguia a sua frente simulou encontrar um pacote contendo dinheiro, o qual mostrou para a vítima.

Logo apareceu outro homem simulando procurar o pacote e, como agradecimento, pediu que os dois (vítima e comparsa) os acompanhassem até seu escritório, onde receberiam uma recompensa. Quando afastaram-se do movimento, a vítima foi rendida por arma de fogo e obrigada a entregar o dinheiro que havia sacado na CEF, além de seus pertences.

Este não é o primeiro caso deste tipo que ocorre na região.

Desconfiem de abordagens e promessas de recompensas tentadoras, mas recomendamos que nunca reajam quando estiverem sob ameaça de arma.

Outro caso clássico e antigo, mas que por incrível que pareça vítimas ainda caem no golpe, é a modalidade de estelionato conhecido como ” conto do bilhete”.

Geralmente a vítima é abordada por uma pessoa de aparência humilde e com roupas simples, que simula possuir um bilhete premiado da CEF. Logo após chega um comparsa disposto a ajudar, faz de conta que liga para a CEF e confirma o prêmio vultuoso.

A suposta pessoa humilde então pede ajuda para sacar e oferece uma parte do prêmio, mas, e é aí que vem o golpe, pede dinheiro como garantia que a pessoa é honesta. O comparsa então faz de conta que entrega dinheiro em garantia e a vítima é induzida a fazer saques em bancos, empréstimos ou entrega joias aos estelionatários, tudo em nome da confiança.

Depois disso, na primeira oportunidade a vítima é deixada em alguns lugar e os malandros somem (em alguns casos o estelionatário simula passar mal e pede para a vítima entrar em um mercado para comprar água, ou pedem para a vítima ir entrando na CEF para pegar a senha, enquanto estacionam o veículo, etc.).

Alertem e orientem seus familiares, amigos e conhecidos, especialmente pessoas idosas, que são vistas como presas fáceis para os larápios.

 

Comentários

Comentários