Na madrugada deste domingo (26), a Brigada Militar foi chamada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo numa residência na Avenida Emancipação, área central de Tramandaí.

Os PMs foram informados de que um homem de 38 anos, com antecedentes por furto qualificado, dano e ameaça, havia matado o seu próprio pai no interior de sua residência e depois ateado fogo na casa.

A vítima, de 66 anos, tinha antecedentes por ameaça, atentado violento ao pudor e calúnia.

Segundo a BM, ao chegar no local, o corpo já estava carbonizado, não sendo possível identificação de marcas de tiros.

O acusado foi preso pela BM e levado à DPPA de Tramandaí, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante delito.

O Corpo de Bombeiros Militar conseguiu apagar o incêndio e o IGP compareceu para realizar a perícia.

Quanto à causa da morte será investigada, não sendo achada nenhuma arma no local até o momento.

Comentários

Comentários