IFRS – Campus Osório conquista cinco premiações na Mostratec 2017

O IFRS-Campus Osório teve seis trabalhos selecionados para serem expostos e conquistou cinco premiações na Mostratec 2017, entre elas o Prêmio Jovem Cientista da Assembleia Legislativa e o Prêmio Intel de Promoção à Pesquisa. A Mostratec é uma grande feira de ciência e tecnologia realizada anualmente no município de Novo Hamburgo, por promoção da Fundação Liberato, e este ano ocorreu de 23 a 27 de outubro. O IFRS apresentou resultados de pesquisas desenvolvidas pelos estudantes em diferentes áreas (confira a relação abaixo).

Entre os reconhecimentos recebidos estão: 1º lugar em Ciências Ambientais; 2º lugar em Ciências Sociais, Comportamento e Arte; 3º lugar em Bioquímica e Química. Com as premiações, estudantes e orientadores são credenciados para apresentarem os trabalhos em outras feiras, no ano de 2018, em diferentes estados brasileiros e também nos Estados Unidos e na Argentina.

Houve ainda duas premiações especiais: o Prêmio Jovem Cientista da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul 2018, para a estudante Juliana Davoglio Estradioto; e o Prêmio Intel de Promoção à Pesquisa, concedido à professora Flávia Twardowski.

Será o segundo ano consecutivo que uma estudante do IFRS-Campus Osório conquista o Prêmio Jovem Cientista. Ele é concedido pela Assembleia Legislativa para os três alunos que obtêm melhor pontuação na classificação dos trabalhos individuais da Mostratec. Juliana receberá a premiação pelo projeto “Estudo do resíduo agroindustrial do maracujá como material adsorvente de corantes industriais têxteis”. Em 2017, a estudante do IFRS Maria Eduarda Santos de Almeida obteve o prêmio com o projeto “BioPatriam: Preservação da biodiversidade através de planta nativa brasileira”.

O IFRS-Campus Osório participa da Mostratec desde o ano de 2011 e desde 2012 tem recebido premiações no evento.

Ø  Confira a lista de trabalhos expostos e as premiações recebidas pelo IFRS-Campus Osório na Mostratec 2017:

Estudo do resíduo agroindustrial do maracujá como material adsorvente de corantes industriais têxteis 1º lugar em Ciências Ambientais Autora: Juliana Davoglio Estradioto Orientadora: Flávia Twardowski Com a premiação, a autora receberá o Prêmio Jovem Cientista da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul; a autora e a orientadora receberão credenciais para as feiras Intel ISEF, que ocorrerá em maio de 2018, em Pittsburg (Estados Unidos); e para a Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em julho de 2018, em Alagoas.

Linguística Computacional e Jornalismo: construção de recurso para análise de textos de revista 2º lugar em Ciências Socias, Comportamento e Arte Autores: Leonardo Pereira dos Santos, Diulia Justin Deon Orientadora: Larissa Astrogildo de Freitas Coorientadores: Alexandre Ricardo Lobo de Sousa, Kathlen Luana de Oliveira Com a premiação, os autores e orientador recebem credencial para a Feira Nacional da Argentina, que ocorrerá na Argentina em novembro de 2018. Detecção de drogas ansiolíticas em bebidas alcoólicas adulteradas 3º lugar em Bioquímica e Química Autora: Isabela Dadda dos Reis Orientadora: Flávia Twardowski Coorientador: Claudius Jardel Soares Com a premiação, a autora e a orientadora recebem credencial para a Feira Nacional da Argentina, que ocorrerá na Argentina em novembro de 2018. Lactofind: uma nova alternativa para intolerantes à lactose Autoras: Ana Paula Wagner Steinmetz, Julia de Oliveira Orientadora: Flávia Twardowski Coorientador: Plinho Francisco Hertz Publicação na revista científica Inciencia Eficiência de uma microbiota ferro tolerante e a recuperação de áreas degradadas Pedro Otávio Ferri Burgel Orientadora: Heloísa Bressan Gonçalves Coorientadora: Flávia Twardowski Produção de material alternativo e sustentável viável à construção de próteses dentárias Autora: Pamela Kreche Viegas Orientadora: Flávia Twardowski Flávia Twardowski Prêmio Intel de promoção a pesquisa

Comentários

Comentários