Juizado da Infância de Osório destaca programa Lazer e Cidadania do 8º BPM

O programa reúne, no período de férias, 30 alunos do quinto ano de escolas municipais e estaduais – Foto: Jussara Pelissoli/CRPO Litoral

“O Lazer e Cidadania é o melhor projeto de cidadania que existe em Osório e, quem sabe, no estado, porque nenhum integrante do programa passou, depois, pela Vara da Infância e da Juventude nem pela Vara Criminal”. A afirmação foi feita pela juíza do Juizado Regional da Infância e Juventude de Osório, Conceição Aparecida Canho Sampaio, na manhã desta terça-feira (16), no lançamento da edição 2018 do programa, que é desenvolvido há nove anos pelo 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM).

O Lazer e Cidadania é uma parceria do 8º BPM, Juizado Regional da Infância e Juventude e prefeitura de Osório. O programa reúne, anualmente, no período de férias, 30 alunos do quinto ano de escolas municipais e estaduais, indicados pelos professores por totalidade de frequência durante o ano letivo, bom comportamento e rendimento curricular.

As crianças passam as manhãs de segunda a sexta-feira na sede do 8º BPM. Começam as atividades com marcha e depois recebem orientações de profissionais de saúde, odontologia, veterinária e integrantes do Conselho Tutelar, além de visitarem os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e o Corpo de Bombeiros. Também são realizadas atividades lúdicas: produção de objetos com materiais recicláveis, arte com entalhe em madeira e estamparia em camisetas. Os passeios em pontos turísticos da região integram o lazer.

O Juizado da Infância e Juventude viabiliza recurso financeiro para o uniforme das crianças, mochila com material didático, estojo para higiene bucal e lanche. A prefeitura entra com o ônibus que faz o transporte dos participantes em pontos específicos nos bairros onde moram e dos profissionais que dão as palestras. O coordenador do programa é o sargento Adalberto Souza da Silva, apoiado pelo sargento da reserva, que já liderou as atividades, Mauro Juarez Paim.

O comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Litoral, coronel Ricardo Fraga Cardoso, agradeceu o apoio dos poderes Judiciário e Executivo ao programa e, aos alunos, pediu que repassem à família, aos colegas e vizinhos o aprendizado obtido nesse convívio com a Brigada Militar. O empenho da juíza Conceição Sampaio para a manutenção do programa e o apoio da prefeitura também foram ressaltados pelo comandante do 8º BPM, tenente-coronel Luis Ernesto Duarte.

O vice-prefeito Eduardo Renda disse que o programa oportuniza às crianças crescer em conhecimento e, principalmente, em educação, “que não é só o aprendizado da sala de aula, é, também, o conhecimento das coisas do dia a dia, é aprender a ser o cidadão que vai dignificar o município, o estado e o país.”

O programa começou em 2 de janeiro e vai terminar no dia 28 de fevereiro, com uma solenidade de formatura.

Jussara Pelissoli

Comentários

Comentários