Lagoa de Osório volta a ficar própria para banho, diz Fepam

A lagoa do Peixoto voltou a ficar própria para banho, de acordo com o último boletim de balneabilidade divulgado pela FEPAM, nesta sexta-feira (11).

Nos últimos dois relatórios, o local foi considerado impróprio.

Nenhuma praia do Litoral Norte foi considerada imprópria até o momento.

Casos

O quinto relatório de balneabilidade das praias gaúchas divulgado nesta sexta-feira (11) pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) indica que subiu de 15 para 16 o número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul nesta semana.

Em Pelotas, sete pontos permanecem sem condições de banho na Praia do Laranjal: Santo Antônio – Restaurante, Santo Antônio – Rua Bagé e Santo Antônio – Avenida Rio Grande do Sul, o Balneário dos Prazeres, Colônia Z-3, Valverde – Pontal da Barra e Valverde – Aki Pizza.

Os demais pontos impróprios para banho são: Balneário Caverá, Rio Ibirapuitã, em Alegrete, Praia Recanto das Mulatas – Lago Guaíba, em Barra do Ribeiro, Balneário Rainha do Sol, Rio Ibicuí, em Manoel Viana, Balneário Passo do Verde no Rio Vacacaí, em Santa Maria, Balneário Passo do Umbú – Rio Ibicuí, em São Vicente do Sul, Balneário Rebelo, na Lagoa dos Patos, em Tapes e a Praia Passo Real, no Rio Ibicuí, em Dom Pedrito.

Nesta semana, a Praia Nova no Rio Jacuí, em Cachoeira do Sul saiu da condição de imprópria para banho e ingressaram dois novos pontos do município de São Francisco de Assis, o Balneário da Jacaquá no Rio Ibicuí e o Balneário Poço das Pedras, no Arroio Inhacundá.

Neste ano o projeto Balneabilidade ampliou para 44 o número de municípios monitorados, com a inclusão dos balneários de Pelotas e Tavares. Ampliou também o número de pontos monitorados para 94. Em Pelotas, a coleta e monitoramento é de responsabilidade do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep).

Comentários

Comentários