Lagoa do Peixoto, em Osório, volta a ter condições próprias para banho, diz Fepam

Após as duas últimas coletas darem resultado negativo, a Lagoa do Peixoto, em Osório, voltou a ter condições de banho. É o que diz o 11º relatório de balneabilidade das praias gaúchas.

O resultado divulgado nesta sexta-feira (22) pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) indica que caiu de 19 para 15 os pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul nesta semana. Nenhum deles está localizado no Litoral.

Em Pelotas, oito pontos estão sem condições de banho na Lagoa dos Patos. Segue a lista abaixo:

Santo Antônio – Rua Bagé;
Santo Antônio – Avenida Rio Grande do Sul;
Santo Antônio – Restaurante;
Balneário dos Prazeres;
Colônia Z-3;
Valverde – Pontal da Barra;
Valverde – Aki Pizza;
Valverde – Trapiche.

Nos demais balneários, estão impróprios para banho os seguintes pontos:

Praia Recanto das Mulatas, no Guaíba, em Barra do Ribeiro;
Balneário Rainha do Sol, no rio Ibicuí, em Manoel Viana;
Balneário Pedro Osório, no rio Piratini, em Pedro Osório;
Balneário da Jacaquá, no rio Ibicuí, no município de São Francisco de Assis;
Balneário Poço das Pedras, no arroio Inhacundá, em São Francisco de Assis;
Balneário Passo do Umbu, no rio Ibicuí, em São Vicente do Sul;
Balneário Rebelo, na Lagoa dos Patos, em Tapes.

Neste ano, o Projeto Balneabilidade ampliou para 44 o número de municípios monitorados, com a inclusão dos balneários de Pelotas e Tavares. O número de pontos monitorados passou para 94. Em Pelotas, a coleta e o monitoramento são de responsabilidade do Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep).

Comentários

Comentários