Lagoa do Peixoto segue considerada própria para banho, segundo relatório da Fepam

A Lagoa do Peixoto, em Osório, segue sendo própria para banho, segundo novo relatório da Fepam divulgado na última sexta-feira (18).

É a segunda semana consecutiva que o balneário é aprovado no testes.

Dos cinco boletins de balneabilidade já informados, em dois o local foi reprovado

Nenhuma praia do Litoral Norte foi considerada imprópria até o momento.

Como funciona

Os boletins são elaborados com base nos resultados das informações obtidas em cinco coletas realizadas nas semanas anteriores. Para analisar as condições bacteriológicas nas praias e balneários, são utilizados os parâmetros coliformes termotolerantes e escherichia coli, que indicam contaminação fecal, além da contagem de cianobactérias, organismos que podem causar intoxicações.

Os critérios do projeto consideram duas categorias de balneabilidade para águas doces, salobras e salinas – próprias ou impróprias para banho. São consideradas próprias quando os resultados de quatro ou mais das últimas cinco amostras coletadas no mesmo local constatarem quantidade de coliformes termotolerantes igual ou menor de mil ou quantidade de escherichia coli menor ou igual de 800 por cem mililitros.

Por sua vez, são impróprias quando os resultados de uma ou mais das últimas cinco amostras coletadas no mesmo local constatar mais de mil coliformes termotolerantes ou mais de 800 escherichia coli por cem mililitros, ou ainda, quando o valor obtido na última amostra for superior a 2,5 mil coliformes termotolerantes ou 2 mil escherichia coli por cem mililitros.

Comentários

Comentários