Lagoa dos Barros segue imprópria para banho em Santo Antônio da Patrulha

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) divulgou, nesta sexta-feira (29), o terceiro relatório de balneabilidade das praias gaúchas.

O documento mostra que o número de pontos impróprios para o banho, no Rio Grande do Sul, aumentou de quatro para sete, em comparação à semana passada. Neste verão, a Fepam está monitorando 79 balneários.

De acordo com o relatório, permanecem sem condições de banho a Praia de Passo Real, em Dom Pedrito; a Lagoa do Barros, em Santo Antônio da Patrulha; e o Balneário Passo do Umbu, em São Vicente do Sul.

Também tornaram-se impróprios o Balneário Distrito de Ernesto Alves, em Santiago; a Praia Recanto das Mulatas, em Barra do Ribeiro; o Balneário Poço das Pedras, em São Francisco de Assis; e Balneário Rebelo, em Tapes.

Em relação ao último relatório, o Balneário Nova Palma, em Nova Palma, tornou-se próprio para banho.

Comentários

Comentários