Litoral Norte registra mortes por afogamentos no primeiro final de semana sem guarda-vidas

O sábado de calor e sem a presença de guarda-vidas foi trágico no Litoral Norte Gaúcho.

Em Arroio do Sal, na Praia Paraíso, Fabrício Matos, de 45 anos, morreu após tentar ajudar no resgate de um jovem que estava se afogando.

Matos chegou a ser resgatado por surfistas, mas não resistiu. O caso ocorreu por volta das 11h.

Na praia Guarani, em Capão da Canoa, um jovem de 24 anos desapareceu no mar no início da tarde deste sábado (10). O corpo de Jonas Kist foi localizado no domingo (11), em Xangri-Lá.

Em Torres, na Prainha, um homem de cerca de 40 anos se afogou, foi reanimado e encaminhado em estado grave ao hospital da cidade.

É o primeiro final de semana após o término da Operação Golfinho no Rio Grande do Sul.

Comentários

Comentários