Litoral poderá ter vento de 100 km/h, alerta Defesa Civil

A Defesa Civil Estadual emitiu na tarde desta segunda-feira (29/6) um alerta para chuvas intensas e possibilidade de temporais com raios e ventos fortes em todo o Rio Grande do Sul, especialmente na região Leste (incluindo o Litoral).

O alerta é válido para as próximas 24 horas.

Ceg

Na terça (30/6), um sistema de baixa pressão dá origem a uma frente fria, e a chuva ganha força em toda a metade norte do Estado, com acumulados que podem variar entre 80 mm e 100 mm em média.

Além disso, os ventos podem variar entre 50 km/h e 70 km/h. Na parte mais ao Leste (incluindo o Litoral) e Norte, as rajadas podem até passar dos 100 km/h.

Portela Serviços Funerários

A partir de quarta (1º), a chegada de uma intensa massa de frio no país irá favorecer o declínio acentuado de temperatura, especialmente na Região Sul do país. No RS, a tendência é que a umidade se dissipe e dê lugar ao tempo seco, com temperaturas ainda mais baixas do que as registradas no últimos dias.

De acordo com a Ufpel, as temperaturas mínimas ficarão abaixo de 0º em pontos das Coxilhas e da Serra; abaixo de 3˚C nas regiões da Campanha, Zona Sul, Oeste e Central; e abaixo de 8˚ no Noroeste, Capital e Litoral. Geadas intensas estarão presentes em boa parte do Estado.

Store Tecnologia
Algodão Doce Escola Infantil

Em caso de temporal, a Defesa Civil aconselha:

• Fechar bem janelas e portas, evitando canalização de ventos no interior de sua residência.

• Desligar aparelhos elétricos e fechar registro de água e gás.

• Se estiver em local seguro, permanecer até a diminuição dos ventos.

• Não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de segurança.

• Não se abrigar sob árvores ou estruturas metálicas.

Chile Pneus

Em áreas alagadas:

• Evitar deslocamento para regiões afetadas.

• Se morar em área de risco, abandonar o local com antecedência.

• Separar documentos importantes e embalá-los em sacos plásticos.

• Ao sair, desligar a chave geral de eletricidade, água ou gás.

• Evitar atravessar águas de carro ou a pé.

• Se ficar isolado em local inseguro, chamar imediatamente o Corpo de Bombeiros.

Comentários

Comentários