Mais de 300 alunos concluem o Proerd no Litoral

O Proerd busca reforçar fatores de proteção relacionados à família, à escola e à comunidade - Foto: Jussara Pelissoli/CRPO Litoral

O Comando Regional de Polícia Ostensiva do Litoral (CRPO Litoral) formou, nesta terça-feira (28), mais de 300 crianças no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), em dois municípios.

Em cerimônia na Câmara de Vereadores de Imbé, 84 alunos de quatro turmas do 5º ano das escolas municipais Manoel Mendes e Olavo Bilac receberam certificados do Proerd. As aulas teóricas e os momentos lúdicos do programa foram ministrados pela soldado Joisabel Ferreira da Rosa, instrutora do Proerd.

O evento teve a presença do prefeito Pierre Emerim da Rosa; do comandante do 2º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (2º BPAT), tenente-coronel Almiro Damásio Filho; do comandante da 3ª Cia/2º BPAT, capitão Luis César Lima dos Santos; da secretária municipal de Educação, Joselaine Cardoso; e do presidente da Câmara de Vereadores, Leandro Candiago.

Em Capão da Canoa, na Casa de Cultura Erico Verissimo, a formatura reuniu mais 220 alunos, de nove turmas do 5º ano das escolas municipais Prefeito Jorge Dariva, Professora Iracema Vizzotto e Capão Novo e do Centro de Ensino Médio Pastor Dohms. A instrutora do Proerd foi a soldado Brenda de Vasconcelos.

O comandante do 2º BPAT afirmou que a droga é um dos maiores problemas atuais, porque tem relação direta com furtos, roubos e latrocínios (matar para roubar). Também alertou para a pedofilia, que tem avançado e que precisa de mecanismos de proteção.

“A família precisa estar atenta ao que as crianças estão fazendo, com quem elas mantêm contato virtualmente, e no ambiente ao redor da escola; elas precisam de atenção”, observou. “Que a gente não perca a postura de combate e de luta na defesa de uma sociedade melhor”, convocou o tenente-coronel Damásio.

A secretária municipal de Educação, Regina Witt Marques, saudou os formandos, os pais e as escolas por se integrarem ao Proerd. “A Brigada Militar está sempre junto da sociedade, proporcionando a segurança que precisamos e também esse programa, que é um ensinamento para os jovens terem uma vida mais saudável, fraterna e com disciplina”, destacou.

Ainda participaram da formatura o chefe do Estado-Maior do CRPO Litoral, tenente-coronel Pedro Ricardo Maron Burgel; o vice-prefeito de Xangri-lá, Érico de Souza Jardim; a delegada da Polícia Civil, Sabrina Defente; os vereadores Atilar Gilberto Gerstner Filho e Lavina Dias de Souza; os conselheiros tutelares Daniel Schwanck e Roseana Pereira; e familiares das crianças.

Nesta quinta-feira (30), outros 88 alunos de Tramandaí vão participar do encerramento do curso do Proerd. A formatura será na Câmara de Vereadores, às 9h30.

Proerd

A Brigada Militar desenvolve o Proerd desde 1998, com base no programa norte-americano Drug Abuse Resistance Education (D.A.R.E.), criado em 1983. O Proerd fundamenta-se em estratégias preventivas para reforçar fatores de proteção relacionados à família, à escola e à comunidade, que favorecem o desenvolvimento da resistência de jovens ao uso de drogas, um dos maiores problemas sociais da atualidade, uma vez que a maioria dos crimes tem relação direta ou indireta com a exploração e o uso de entorpecentes. São aplicados currículos com técnicas pedagógicas e materiais didáticos específicos, definidos pela Coordenação Estadual, que segue normas da Câmara Técnica Nacional do Proerd.

Jussara Pelissoli

Comentários

Comentários