Moradora de Santo Antônio visita SAMU, em Osório, após sobreviver a grave acidente

Os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) de Osório foram surpreendidos na tarde desta quarta-feira (7/2) com a visita e a demonstração de gratidão feita pela moradora de Santo Antônio da Patrulha, Tatiana Souza dos Santos, acompanhada de sua mãe, Marta Dias de Souza.

Em 13 dezembro, do ano passado, Tatiana, que é mãe de três filhos acabou sendo mais uma vítima do trânsito e o SAMU foi quem prestou o socorro.

“Eu estava praticamente morta e quem me salvou foi a equipe do SAMU de Osório. Na verdade, quem me salvou em dois momentos foi a Dra. Caroline, a quem tenho enorme. Agradeço muito aos profissionais, foram os meus meus anjos da guarda. Faço orações todos os dias para que eles sejam protegidos e possam continuar salvando mais pessoas que precisam, como foi meu caso”.

Estavam trabalhando no dia da ocorrência a Dra. Caroline, o enfermeiro Homero e o condutor Micael. O prefeito Eduardo Abrahão e o secretário da saúde Emerson Magni, parabenizaram ao SAMU pelo trabalho e demonstraram alegria pelo gesto de carinho da Tatiana aos profissionais.

"Somos conhecedores do empenho desses equipe toda do SAMU de Osório que está sempre atenta e se empenhada em fazer o melhor possível para salvar vidas, por isso, o município sempre apoia e auxilia o SAMU, com o que é possível", disse o prefeito.

Relato da Drª Caroline Machado Daitx sobre o caso

“É isso que faz a gente ter forças pra continuar! Ser médico não é nem nunca será uma tarefa fácil, mas ter experiências como essas fazem tudo valer a pena! “.

Por volta das 17h do dia 13/12/17 o SAMU Osório (SA 32) recebeu chamado para atender um acidente carro x moto na avenida Getúlio Vargas. Na chegada da equipe corpo de bombeiros estava no local e a brigada militar fazia isolamento da avenida, proporcionando a chegada da equipe com agilidade.

Na SA 32 estavam a médica Caroline Machado Daitx, enfermeiro Homero Krum Arruda e o condutor socorrista Micael da Silva ferreira. A paciente Tatiana Santos estava caída ao solo, havia perdido grande quantidade de sangue devido a séria lesão que sofreu no pescoço. Estava com nível de consciência rebaixado e foi procedido intubação orotraqueal ainda na cena do acidente.

A equipe procedeu o atendimento da vítima na ambulância prestando os primeiros socorros por cerca de 40 minutos no local do acidente, tendo sido esse primeiro atendimento crucial para preservar a vida de Tatiana.

Após estabilização inicial do quadro deslocaram para o Hospital São Vicente de Paulo, neste local foi dado continuidade ao atendimento e realizado contenção definitiva da hemorragia proveniente da laceração dos vasos sanguíneos do lado direito do pescoço.

Após esse suporte inicial Tatiana foi transferida ao Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre pela mesma equipe do SAMU que prestou seu primeiro atendimento. Permaneceu internada em UTI por 9 dias e recebeu alta conseguindo ainda passar o natal com sua família.

Comentários

Comentários