Ninhos de quero-queros: Torres é notificada a trocar local dos fogos

Um denúncia levou o Batalhão Ambiental da Brigada Militar a se dirigir até o lugar onde haveria a queima de fogos, durante a passagem de ano, em Torres. Segundo os policiais haviam ninhos de quero-quero no lugar, sendo três adultos e três filhotes.

Como os animais corriam riscos, a empresa responsável foi notificada a remover os artefatos para outro ponto, onde não houvesse a presença de qualquer tipo de perigo a fauna.

A bióloga da Fepam Alessandra Nunes de Amorim esteve no local, assim como o Secretário de Turismo do município.

O caso ocorreu na manhã desta segunda-feira (31) e o problema já foi resolvido.

Em 2008, Capão da Canoa teve que cancelar a queima de fogos, por haver no local uma família de corujas.

 

Comentários

Comentários