Nova Terra – Por Nilton Moreira

“As obsessões campeiam de forma pandêmica, confundindo-se com os transtornos psicopatológicos que trazem os processos afligentes e degenerativos.Sucede que a Terra vivencia neste período, a grande transição de mundo de provas e expiações para mundo de regeneração. Nunca houve tanta conquista da ciência e da tecnologia, e tanta hediondez do sentimento e das emoções.

As glórias das conquistas do intelecto esmaecem diante do abismo da crueldade, da dissolução dos costumes, da perda da ética, e da decadência das conquistas da civilização e da cultura...

Não seja, pois, de estranhar que a dor, sob vários aspectos, espraia-se no planeta terrestre não apenas como látego, mas, sobretudo, como convite à reflexão, como análise à transitoriedade do corpo, com o propósito de convocar as mentes e os corações para o ser espiritual que todos somos. Fala-se sobre a tragédia do cotidiano com razão. As ameaças de natureza sísmica, a cada momento tornam-se realidade tanto de um lado como de outro do planeta.

O crime campeia a solta e a floração da juventude entrega-se, com exceções compreensíveis, ao abastardamento do caráter, às licenças morais e à agressividade. Sucede meus filhos, que as regiões de sofrimento profundo estão liberando seus hóspedes que ali ficaram, em cárcere privado, por muitos séculos e agora, na grande transição, recebem a oportunidade de voltarem-se para o bem ou de optar pela loucura a que se têm entregado. E esses, que teimosamente permanecem no mal, a benefício próprio e do planeta, irão ao exílio em orbes inferiores onde lapidarão a alma auxiliando os seus irmãos de natureza primitiva, como nos aconteceu no passado.

Por outro lado, os nobres promotores do progresso de todos os tempos passados também se reencarnam nesta hora para acelerar as conquistas, não só da inteligência e da tecnologia de ponta, mas também dos valores morais e espirituais. Ao lado deles, benfeitores de outra dimensão emboscam-se na matéria para se tornarem os grandes líderes e,sensibilizarem esses verdugos da sociedade”. Mensagem extraída de parte do texto psicografado por Divaldo Pereira Franco, ditado pelo Espírito Bezerra de Menezes, que achamos oportuno divulgar em razão do momento preocupante que passa não só o Brasil, mas o mundo todo.

É triste, mas estamos todos apreensivos e ansiosos em razão da violência que impera; instabilidade política em razão dos escândalos de ordem moral; e ameaça de guerra em larga escala. Que Jesus possa nos intuir na melhor maneira de nos conduzirmos para enfrentar tais intempéries e tomara que sejamos merecedores da “nova terra” mencionada no apocalipse.

cristaldafonte@gmail.com

Comentários

Comentários