O milagre da digestão 2 – Jayme José de Oliveira

Jayme José de Oliveira

Os seres humanos, para manterem as atividades do organismo em bom funcionamento precisam captar os nutrientes necessários para construir novos tecidos, fazer manutenção dos danificados e obter energias, a ingestão de alimentos é a fonte desses insumos.  A transformação dos alimentos em compostos mais simples, utilizáveis e absorvíveis pelo organismo é denominado digestão.

A ingestão, digestão e absorção dos alimentos são feitas por um conjunto de órgãos que compõem o sistema digestivo formado pela boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus. Anexos ao sistema existem glândulas salivares, pâncreas, fígado, vesícula biliar, dentes e língua.

A digestão tem seu início na boca onde o alimento é triturado pelos dentes e umedecido pela saliva. O sabor dos alimentos é percebido pelas papilas gustativas (localizadas na língua), é através delas que identificamos quando determinado alimento é doce, salgado, azedo ou amargo.

Em seguida o bolo alimentar segue pela faringe que o empurra para o esôfago. Dali o bolo alimentarsegue para o estômago onde é dissolvido pelo suco gástrico cuja produção é estimulada pela visão, paladar, odor, mastigação, fome, etc. Apenas 5% da digestão é processada no estômago.

Do estômago, o bolo alimentar segue para os intestinos onde sofrerá a ação de enzimas e serão absorvidas as substâncias úteis ao metabolismo do organismo. Este processo é o responsável por transformar os alimentos que ingerimos em moléculas suficientemente pequenas para penetrarem em nossas células.

 Para realizar todo este processo o corpo utiliza em média dez litros de água. É através do intestino grosso que a maior parte desta água é reabsorvida, apenas uma pequena parte dela é utilizada para ajudar no deslizamento do bolo fecal.

intestino delgado é um órgão dividido em três partes: duodeno, jejuno e íleo. O duodeno é a seção responsável por receber o bolo alimentar altamente ácido vindo do estômago, denominado quimo. Para auxiliar o processo digestivo o pâncreas e o fígado fornecem secreções antiácidas.

pâncreas produz e fornece ao intestino delgado suco pancreático constituído de íons bicarbonato que completam o processo de neutralizaçãoda acidez do quimo.

Fígado, a maior glândula do corpo fornece a bile, que é secretada continuamente e armazenada na vesícula biliar.

Ao final deste processo no intestino, o bolo alimentar se transforma em um material escuro e pastoso denominado quilo, contendo os produtos finais da digestão de proteínas, carboidratos e lipídios. As últimas partes do intestino delgado, jejuno e íleo, são formados por um canal longo onde são absorvidos os nutrientes.  Apresentam em sua superfície interna vilosidades que aumentam a superfície de absorção. O intestino grosso é um órgão divido em três partes: cecocólon e reto, onde ocorre a reabsorção de água, absorção de eletrólitos (sódio e potássio), decomposição e fermentação dos restos alimentares, formação e acúmulo das fezes. O ceco é a primeira parte do intestino grosso, tem como função receber o conteúdo vindo do intestino delgado e iniciar o processo de reabsorção de nutrientes e água. A segunda e maior parte do intestino grosso recebe o nome de cólon, subdividindo-se em cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente e cólon sigmoide. A última e menor parte do intestino grosso é o reto, responsável por acumular as fezes, até que o ânus as libere, finalizando o processo da digestão. Durante todo esse processo muco é secretado para facilitar o percurso das fezes até sua eliminação. O ser Humano necessita de alimentos para o corpo funcionar devidamente, para crescer e se autorregenerar. Os alimentos contêm água e cinco tipos de nutrientes essenciais: Proteínas;                                                                                                                                                     hidratos de carbono;gorduras;vitaminas;sais minerais. Para que os alimentos possam ser aproveitados o corpo tem de os dividir, ou digerir, e combiná-los com o oxigênio.Normalmente para adultos saudáveis, o processo digestivo dura entre 24 e 72 horas. Depois de você comer leva cerca de seis a oito horas para que o alimento passe através de seu estômago e intestino delgado. Os alimentos, em seguida, entram no seu intestino grosso (cólon) para digestão e absorção de água. A eliminação de resíduos alimentares não digeridos através do intestino grosso começa geralmente após 24 horas. O completo processo de digestão do ser humano pode demorar vários dias. Este processo, muito mais complexo que a manutenção duma Mercedes (O milagre da digestão 1) se desenvolve contínua e automaticamente durante todo o transcorrer de vida, nos mantém saudáveis e permite que as avarias ocorridas no decorrer da existência sejam reparadas, na mairia das vezes sem a intervenção de “mecânicos”.  A medicina só entra em ação quando os danos ultrapassam a capacidade de autorregeneração. Desde Esculápio, deus grego da medicina e saúde, até hoje, ao contrário dos outros seres vivos, aprendemos a aprimorar e tornar nossa vida mais longeva e saudável. MARAVILHAS DA VIDA SUBMARINA – 2min48seg http://www.tudoporemail.com.br/video.aspx?emailid=1626

Jayme José de Oliveira cdjaymejo@gmail.com Cirurgião-dentista aposentado

   

Comentários

Comentários