Obras de R$ 410 milhões para saneamento no Litoral Norte são celebradas por Alceu Moreira

Foto: Pietro marques

O investimento de mais de R$ 410 milhões em saneamento básico e abastecimento de água no Litoral Norte foi celebrado pelo deputado federal Alceu Moreira, articulador da liberação dos recursos junto aos governos federal e estadual. Ele contou com a parceria direta do deputado estadual Gabriel Souza e governador José Ivo Sartori, todos do PMDB. Os investimentos devem ampliar significativamente a cobertura de redes de água e esgoto, o que tem reflexo diretamente na saúde das comunidades.

“Cada R$ 1 real investido em saneamento básico são R$ 4 poupados em custos com saúde. Teremos uma grande parte da população que terá o seu esgoto tratado e receberá na sua casa água tratada. Nos últimos meses estivemos em contato constante com o Ministério das Cidades e a Corsan na busca de liberação de recursos para nossa região”, frisou Alceu Moreira, que destacou ainda que a realização das obras oportuniza a geração de empregos.

Obras novas e em andamento

As obras, novas ou em andamento, ficam a cargo da Corsan e contemplam os municípios de Tramandaí, Imbé, Xangri-Lá, Capão da Canoa, Torres, Arroio do Sal, Santo Antônio da Patrulha, Osório, Capivari do Sul e Palmares do Sul.

Entre as obras em andamento está a ampliação de redes coletoras de esgoto nos bairros Igra Norte e Getúlio Vargas em Torres, onde se estima que chegará a 84% do esgoto tratado do município.

Em Capão da Canoa está em curso a construção da estação de tratamento de esgoto – ETE Guarani. Recentemente ainda foram concluído as obras de esgoto sanitário nos bairros Santo Antônio e Girassol, possibilitando atender mais de 4 mil famílias.

Em Imbé está em construção a estação de tratamento de esgoto e redes coletoras na área central. Após a conclusão o esgoto tratado passará de 0,4% para 56%.

Já em Xangri-Lá está em obra ampliação da rede de esgoto, com previsão de cobertura de 56% de esgoto.

A Corsan já tem um cronograma de obras que devem iniciar nos próximos meses.

Em Tramandaí será investido R$ 16,5 milhões para melhorias no esgotamento sanitário. O investimento beneficiará 3.570 residências.

Em Imbé serão investidos R$ 23,3 milhões para realizar a execução de 44 km de rede coletora de esgoto, com as respectivas elevatórias de bombeamento de esgoto. Cerca de 4.188 casas serão beneficiadas com as obras.

Em Xangri-Lá serão investidos R$ 19,6 milhões para realizar a execução de 26 km de rede coletora de esgoto e suas estações de bombeamento de esgoto. O investimento irá beneficiar 2.343 residências.

O município de Capão da Canoa também foi beneficiado com R$ 68 milhões para duplicar a ETE Guarani. Após a conclusão das obras terá um índice de 90% do esgoto tratado.

Pietro Marques

Comentários

Comentários