Ovos de páscoa imperiais – Fabergé – Jayme José de Oliveira

Jayme José de Oliveira

PONTO E CONTRAPONTO- por Jayme José de Oliveira

“Por mais brilhante que sejas, se não fores transparente, tua sombra será escura”.

 OVOS DE PÁSCOA IMPERIAIS – FABERGÉ

É na Rússia que a celebração da Páscoa alcançou seu maior esplendor, é a maior festa do calendário ortodoxo. A Páscoa é celebrada com a troca de ovos e três beijos apaixonados. O tipo de ovos oferecidos depende das posses de cada um, porém os de galinha, pintados, são os mais populares. A seguir os de vidro, porcelana, madeira, até os preciosos ovos de ouro.

Os ovos de Páscoa Imperiais Russos são as realizações mais famosas de Peter Carl Fabergé. Entre 1885 e 1916, os tsares Alexandre III e Nicolau II encomendaram 54 desses objetos deslumbrantes para ofertar às tsarinas Maria e Alexandra Fedorovna, cada um oculta uma surpresa em seu interior astuta e curiosamente trabalhado.

Dos 47 que se conhecem, dez são conservados em Moscou pelo Kremlin. Onze fazem parte da coleção Forbes em Nova York, magnatas americanos possuem outros dezesseis, oito estão em coleções privadas europeias e dois tem sua localização desconhecida.

Um sucateiro do meio-oeste americano comprou um ovo de ouro num mercado de pulgas e descobriu que se tratava de um Ovo Fabergé desaparecido, com valor estimado em 24 milhões de euros, a joia havia sido adquirida há anos num mercado de pulgas. Segundo o antiquário londrino Warstski, o comprador pagou cerca de R$ 32 mil pelo ovo esperando lucrar com a revenda do ouro que reveste a peça. Como nenhum comprador se interessou, a peça permaneceu intacta e tornou-se um fardo para o sucateiro, que não fazia a menor ideia de sua procedência e valor.

O ovo, que traz no seu interior um relógio VarcheronConstantin foi encomendado pelo tsar Alexandre III para sua esposa Maria Fedorovna, em 1887.

O ovo tinha sido visto pela última vez em 1902 durante a exposição da Coleção Fabergé da família imperial russa em São Petersburgo. Foi confiscado durante a revolução russa e, em 1922, catalogado em Moscou como tesouro a ser vendido.Os links abaixo apresentam a coleção completa dos Ovos Imperiais e a comemoração do 166º ano do nascimento de Peter Carl Fabergé.

OVOS DE FABERGÉ – 9min44seg

https://www.youtube.com/watch?v=K5YY1_OZvUU

MUSEU FABERGÉ – 15min13seg

https://www.youtube.com/watch?v=6R4KVtEfrYk

Jayme José de Oliveira
cdjaymejo@gmail.com
Cirurgião-dentista aposentado

Comentários

Comentários