Pessoas tóxicas. Ambientes tóxicos – Nilton Moreira

Não sei se já aconteceu com algum dos amigos leitores, entrar em um ambiente que pode ser casa ou setor público e sentir vontade de sair dali o mais rápido possível? Também não sei se já te aconteceu de chegar perto de alguma pessoa em qualquer lugar e sentir-se mal, com aversão, enjoo, tontura e dar uma vontade de afastar-se?

Pois é, atualmente foi incluído como corriqueira a máxima “ambiente tóxico, ou contato tóxico”. O que quer dizer que aquele encontro foi prejudicial ou o adentrar em determinado ambiente não foi salutar.

  Isto é comum, pois vivemos envoltos em energias das mais variadas, energias estas que pairam no ar e nos são invisíveis a olho nu, acabando por atingir nosso corpo perispiritual que é uma cópia do corpo material. Esta ação que acaba adentrando em nosso psicossoma, vai se manifestar em energia ruim em nosso organismo imediatamente, por isso a sensação desconfortante que sentimos, e quando isso acontece dizemos que estamos num ambiente tóxico ou com pessoa tóxica, que resumindo nada mais é que um ambiente com energias negativas, pesadas, ou pessoa que está na negatividade energética, exalando mentalmente coisas ruins.

Notemos que para isso acontecer não precisamos dirigir nenhuma palavra! Isso se processa ao natural, numa simbiose conectada apenas entre os corpos astrais!

Falamos muito em halo energético, ou halo mental. Isso quer dizer que a qualidade de nossos pensamentos é o veículo principal para transmitir o “tóxico”, se estivermos com padrão baixo de atitudes no momento. Exalamos, portanto, tudo que estiver contido em nosso campo mental, mesmo que estejamos manifestando verbalmente coisas boas, pois o que vale é o pensamento.

Já o chamado tóxico no ambiente é um pouco diferente, pois são as energias que estão contidas no local, num campo expandido e que se concentra ali em razão das emanações das mais variadas mentes que habitam ou permaneceram temporariamente no recinto, cujos resíduos ficaram.

Mas o que fazer para não sermos atingidos por este “tóxico”? O ideal seria não adentrar nos ambientes assim e nem ter contato com pessoas desta natureza, mas isso é impossível! Então devemos ao chegar perto de pessoa que tem essa emanação, pedir auxilio aos benfeitores espirituais para que nos proteja e nos isole das ruins energias dessa pessoa.

Quanto aos ambientes que vamos adentrar e que sejam suspeitos, devemos proceder como o Mestre Jesus fazia como dito em Mateus 10: “E, quando entrardes na casa, saudai-a. Se a casa for digna, que a vossa paz repouse sobre ela; se, todavia, não for digna, que a paz retorne para vós”.

 O que não devemos é ignorar que os ambientes tóxicos e pessoas tóxicas existem e que somos presas fáceis quando não temos os devido cuidado e a proteção.

Boas energias a todos.

Comentários

Comentários