Pilotos torrenses são destaques da 2ª Etapa do Campeonato Gaúcho de Balonismo

Foto: Jairo Gewehr Pereira

A segunda etapa do Campeonato Gaúcho de Balonismo foi realizada de 7 até 9 de Setembro, em concomitância com o 2º Festival de Balonismo de Venâncio Aires, no interior do estado.

O evento foi realizado num espaço tradicional da cidade, o Parque do Chimarrão, equipado e dotado de amplos espaços verdes e de lazer: no Ginásio de Exposições foram concentradas as exposições industriais, artesanais e comerciais, mais um Espaço Kids com 20 brinquedos; a praça de alimentação para além dos quiosques fixos contou com oito food trucks e cinco bier trucks..

Vários foram os pilotos de Torres presentes: Diego Bueno (balão da Ecomassa), Fabio Lopes (RDimer), Graco Magnus (Cristallux), João Vitor Justo (Nossa Casa Imóveis), Laís Pinho (Pinho construtora), Murilo Hoffmann (Montebelo), PC Farias (Sosseg) e Ricardo Lima (Top Dez Imobiliária), atual presidente da Federação Gaúcha de Balonismo.

Completaram o grupo dos participantes desta Etapa do Campeonato Gaúcho o piloto Macleitiane Ecker de Carazinho, o Murilo Gonçalves, de Sombrio/SC mas associado à FGB, campeão do último Festival em Torres e da 1ª Etapa, e o piloto local de Venâncio Aires, inspirador e organizador do evento, Sérgio Jung que exibiu seu novo balão multicolorido.

Para além destes pilotos gaúchos disputando etapa do campeonato estadual da modalidade, participaram do Festival também pilotos de Santa Catarina (André Ibanhês), do Paraná (Mauro Chemin, com balão de forma da Cegonha) e de São Paulo (Amarildo Tozzi).

Como o evento foi competitivo, as provas foram de responsabilidade da equipe técnica da FGB presente no evento, com Lasier França, diretor técnico, Clara Gross Grandini, Carla Patricia Horn e Tommaso Mottironi.

O festival começou já na tarde do dia 7 de Setembro, com a primeira prova valida para as duas competições (Geral do Festival e Campeonato Gaúcho), uma caça à raposa na qual os pilotos não conseguiram a aproximação necessária para pontuação.

No dia seguinte, no Sábado dia 8, a manha foi marcada por ventos fracos que dificultaram muito a navegação para as 4 tarefas previstas, enquanto à tarde a entrada de um forte vento determinou a anulação da prova prevista (Caça à Raposa) mas vários balões participaram de um “Voo Fiesta”, ou seja sem pontuação.

Com pontuação equilibrada, foi determinante para definição da classificação o voo da manha de Domingo, último voo competitivo com as ultimas 4 tarefas previstas, que viu triunfar representes de Torres que assim conseguiram ocupar os vértices das classificações finais.

Mesmo com diferentes critérios de pontuação, os pódios da Etapa do Campeonato Gaúcho e do Festival de Venâncio Aires coincidiram: no primeiro lugar Ricardo Lima, que se sagrou campeão da 2ª Etapa do Campeonato Gaúcho de Balonismo e do 2º Festival de Balonismo de Venâncio Aires, o segundo lugar foi para única pilota em competição, Laís Pinho, e em terceiro lugar ficou PC Farias, com estreitas diferenças de pontuação.

Para encerrar o Festival teve ainda mais um Voo Fiesta à tarde de Domingo, embora o aumento do vento com rajadas fortes impediram a maioria dos pilotos de decolar em condições de segurança, que é objetivo de qualquer evento de Balonismo.

O 2º Festival de Balonismo de Venâncio Aires foi uma realização do jornal Folha do Mate, rádio Terra FM, da Prefeitura de Venâncio Aires, organização Birô Propaganda e Jung Balonismo, em parceira com a Federação Gaúcha do Balonismo que forneceu um determinante apoio na organização geral e na organização técnica do evento, com provas e pontuação.

Comentários

Comentários