Polícia acredita que marido matou esposa e se suicidou

A polícia investiga a morte de um casal em Cachoeirinha, neste sábado (7). A principal hipótese é de que o homem matou a esposa e se suicidou em seguida.

O crime ocorreu por volta das 18h, no apartamento em que o casal morava.

O suspeito do crime foi identificado como Marcelo Spanevello Gamba, de 53 anos. Ele teria atirado contra Fabiana Medeiros Gamba, de 49. A vítima era professora e já havia sido coordenadora municipal de Educação.

Segundo a Polícia Civil, não há registro de violência doméstica entre o casal.

A arma utilizada no crime era regular e estava registrada em nome de Marcelo. Familiares informaram aos policiais que o marido sofria de depressão há alguns anos.

— (A principal suspeita é de) motivação passional em virtude de separação não consensual — afirma o delegado Leonel Baldasso.

Nos próximos dias, a polícia deverá ouvir testemunhas e familiares para averiguar o contexto do crime.

O casal deixa um filho de 23 anos.

O velório e sepultamento de ambos ocorrerá em Osório.

O corpo de Fabiana e de Marcelo estão sendo velado na Capela A e B do centro, no bairro Caiu do Céu, atrás do hospital.

O sepultamento está marcado para as 16h.

Comentários

Comentários