Preso em Santo Antônio da Patrulha, suspeito de executar primos que cavaram a própria cova

Um dos investigados pela execução de primos que foram obrigados a cavar a própria cova, antes de serem mortos a tiros e queimados, em Gravataí, foi preso na noite de quarta-feira (10).  A execução foi gravada pelos próprios criminosos, que divulgaram o vídeo nas redes sociais.

O suspeito de 26 anos foi detido na área rural de Santo Antônio da Patrulha.

As vítimas do crime foram identificadas como Vitor da Rosa, 22 anos, e Vagner da Rosa, 17. Nenhum dos dois tinha antecedentes criminais. Eles foram identificados com base em suas impressões digitais.

Outros envolvidos nas execuções são procurados pela polícia.

As informações são de Zero Hora.

Comentários

Comentários