Preso em Xangri-Lá, homem acusado de matar policial durante assalto

Imagens da câmera de segurança da loja mostraram o momento em que o assaltante vai ao estacionamento e atira em Elton

Foi preso neste sábado (19), em Xangri-Lá, um homem suspeito de matar o policial civil aposentado Elton Martins Bangel, baleado em janeiro de 2018, durante assalto a uma loja na Avenida Assis Brasil, em Porto Alegre. 

De acordo com informações de Zero Hora, policiais em uma viatura da Brigada Militar que estavam em patrulha suspeitaram do condutor de uma caminhonete Nissan e decidiram fazer abordagem.

Na checagem, foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto contra o indivíduo. Em contato com a Polícia Civil, os brigadianos foram informados de que ele era procurado pelo latrocínio que culminou na morte de Bangel.

No dia 27 de janeiro de 2018, um grupo de assaltantes invadiu uma loja, rendeu funcionários e clientes e os levou a uma área restrita do estabelecimento.

Nos fundos do local, enquanto ocorria o roubo, Bangel manobrava seu veículo no estacionamento, acompanhado da mulher e do filho. Ao deslocar até uma sombra, o homem foi abordado por um dos assaltantes e baleado.

Foi o segundo acusado de matar um policial, preso neste final de semana, no Litoral Norte. Na madrugada deste sábado (19), um dos envolvidos na morte de um policial civil, ocorrida em 02/05/2018, em Pareci Novo, foi detido na RS 484 em Maquiné.

Comentários

Comentários