Preso um dos maiores assaltantes de banco na Freway em Santo Antônio da Patrulha

A Brigada Militar confirmou na manhã desta segunda-feira que o criminoso preso na madrugada de domingo no pedágio da freeway, em Santo Antônio da Patrulha, é um dos maiores ladrões gaúchos de bancos.

O bandido de 49 anos encontrava-se novamente foragido. Com extensa ficha de antecedentes criminais e mais de 40 anos de condenação, ele foi capturado pela primeira vez em 1988, tendo cumprido pena em vários presídios. Nos ataques contra agências bancárias, ele sempre lidera as quadrilhas.

O acusado havia sido preso recentemente com um Hyundai Creta, com placas clonadas e roubado, em 26 de setembro deste ano pela Brigada Militar em Parobé. Ele deveria estar cumprindo prisão domiciliar após ser diagnosticado com câncer e, por isso, recebeu o benefício para tratamento da doença em julho de 2015.

O criminoso foi acusado, por exemplo, de participar em 2013 de roubos a bancos em Colinas, Campestre da Serra e São José do Herval; em 2014 em Imigrante em 2014; em  2015 em Campestre da Serra (onde foi preso), em Tupanci do Sul e em Imigrante (detido novamente); sempre fazendo reféns de escudo humano na modalide “Novo Cangaço”.

Ao ser detido no momento em que o veículo parou na cabine de cobrança do pedágio, o criminoso portava uma pistola calibre 9 milímetros com munição.

No carro estavam ainda dois indivíduos, de 29 e de 39 anos, também com antecedentes criminais, além de três mulheres, de 32, 33 e 43 anos.

Todos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Santo Antônio da Patrulha para o registro da ocorrência.

As informações são do Correio do Povo.

Comentários

Comentários