Real vence o Pelotas no jogo de ida das oitavas da Copa Wianey Carlet

Julian Rodrigues/Assessor de Comunicação do Real Sport Club

Na tarde da última quarta-feira (31), o Real Sport Club iniciou a caminhada nas oitavas de final da Copa Wianey Carlet. No Módulo Esportivo, o Leão do Litoral recebeu o E.C Pelotas e venceu por 2×1.

Desde os primeiros minutos, a equipe local buscou o gol. Aos 2 min, o meia Wagner Libano arriscou de fora da área no meio do gol, defesa fácil para o goleiro Mateus. Aos 10, saiu o gol do Leão, após bola alçada na área por Wagner Libano, Giordano se anteviu à defesa e fez 1×0.

Aos 15 min, o zagueiro Dão deixou tudo igual para o Pelotas. Aos 16, quase a virada do Leão, em cobrança de escanteio, o zagueiro ganhou no alto na primeira área testou, uma grande intervenção do goleiro Raphael Freire.  Aos 17, o polivalente Taygor Gonçalves chegou ao fundo esquerdo e cruzou, Dennys Diniz dentro da área desviou, mas a bola foi para fora. Quase o segundo do Leão!

Aos 23 minutos, o Pelotas chegou com o meia Cleverson que arriscou de fora da área para fora. O Real respondeu aos 36, com o volante Giordano Piffero que bateu falta para fora da meta do goleiro Mateus. Aos 48, após descida pelo lado direito, o camisa 10, Jefferson chutou cruzado. Outra grande intervenção do goleiro do Real, Raphael Freire.

O segundo tempo começou movimentado. Aos 5min, o meia Wagner Libano bateu falta obrigando o goleiro Mateus afastar para escanteio com a mão esquerda. Aos 6min, o Pelotas quase fez o segundo por meio de uma cobrança direta de escanteio. Aos 9min, o Lobão seguiu tentando e em cobrança de falta, quase virou. Grande defesa de Raphael! Aos 18min foi a vez do zagueiro Victor Caetano afastar um contra-ataque da equipe visitante. No minuto seguinte, Wagner Libano quase recolocou o Leão à frente, com chute de fora da área que passou rente à trave de Matheus.

Aos 21, o Pelotas teve chance desperdiçada após cobrança de escanteio. Aos 22min, o polivalente Patrick Mengue quase fez um golaço para o Leão. Ele recebeu cruzamento, dominou e chutou no ângulo, uma grande defesa de Mateus com a mão trocada. No minuto seguinte, o gol da vitória do Real; veio com o atacante Dennys Diniz que recebeu na área após cruzamento de Taygor Gonçalves. Aos 40, quase o Real fez o terceiro com Dennys que recebeu uma virada de jogo de Giordano Piffero e chutou direto ao gol, quase surpreendendo o goleiro pelotense. Nos acréscimos, o Pelotas quase marcou com o volante Germano de cabeça, mas a bola foi para fora. Vitória por 2×1 para o Leão do Litoral.

Ficha Técnica:

Real Sport Club: Raphael Freire, Patrick Mengue, Victor Caetano, Jorlan Lopes, Taygor Gonçalves, Danrley Ulisses (Andriw Boaventura), Giordano Piffero, Wagner Dias (Marquinhos), Wagner Libano, Dennys Diniz (Andrey Carvalho) e Adriano Chuva. Téc: Fabio A. Abade

E.C Pelotas: Mateus, Adriano, Dão, Felipe, Bruno (Robinho), Reinaldo (Reinaldo Silva), Germano, Jefferson (Parrudo), Cleverson, Jarro (Rubinho) e Giancarlo (Erick). Téc: Paulo Porto.

Cartões amarelos:

E.C Pelotas: Dão

A escala de arbitragem contou com: Eleno Todeschinni (árbitro), Lúcio Flor (1° assistente), Bruno Prestes França (2° assistente), Deividi Souza de Freitas (4° árbitro) e Denis Miguel Costa Júnior (delegado).

O próximo confronto ocorrerá no domingo (04/11) às 17h no Estádio Boca do Lobo em Pelotas.

Assessoria de Comunicação do Real Sport Club

Comentários

Comentários